Compartilhe:   

Fallout 4: A guerra nunca muda

por Victor Vasques

Senhoras e senhores! Fallout 4 está entre nós. Ok, o game ainda não foi lançado, mas a revelação ocorreu antes da E3 e pegou muita gente de surpresa. Ainda é apenas um site teaser (com direito a pré-venda) e os detalhes só serão entregues na durante a feira de games (para ser mais exato, 14 de junho, às 23h – horário de Brasília).

Alguns detalhes interessantes do trailer dão margem para especulações. Parece que o game mostrará mais detalhes de como era a vida antes das explosões nucleares. Já o gráfico e trabalho de iluminação, assim como ambientação estão fantásticos. Um detalhe que me chamou a atenção foi a cena que mostra uma cidade e um prédio com sua abóbada dourada. Lembrou um pouco a arquitetura do Oriente Médio atual ou em filmes como “Falcão Negro em Perigo”. Seria um spoiler ou apenas um prédio inspirado no Domo da Rocha? Ainda tem uma sombra no fundo que parece um mirante de uma mesquita.

Você deve estar se perguntando o motivo de tanta euforia. Particularmente tenho uma história com a série Fallout. O primeiro game, lançado nos longínquos anos de 1997, protagonizou uma das mais intensas experiências relacionada aos games. Após quase 50 horas de jogatina interrupta (meu irmão e eu revesávamos… e não pergunte o motivo desta loucura, acho que nem nós sabíamos), o CD do game simplesmente explodiu dentro do drive. Fez um “puf!”, travou o game e quando abri, só haviam migalhas.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook