e-sports-games-brasil-tendencia-com-limao

Compartilhe:   

O Brasil descobriu os e-sports: Prepare-se para a invasão

por Victor Vasques

O Brasil descobriu os e-sports. A frase parece um pouco sensacionalista, eu sei, mas a verdade é que o nosso país parece ter entendido a essência dos esportes eletrônicos apenas este ano. Depois de vermos inúmeros programas de games sendo cancelados na televisão (a última vítima foi o E-Games, da RedeTV!, em setembro do ano passado), parece que a onda de dos e-sports está chegando com mais força no país. Vamos aos pontos que nos levam a concluir isto:

  • #1 – A força do pôquer: Ao contrário do que muitos pensam, o pôquer não é uma atividade proibida no Brasil (existem algumas ressalvas, mas não vou cair neste mérito, em outro momento eu explico melhor). Pelo contrário, segundo o Ministério do Esporte, ele é considerado um esporte mental, ou seja, algo equivalente ao xadrez. Com garotos propagandas como Neymar e Ronaldo, tem crescido o público em terras tupiniquins e vemos uma enxurrada de transmissões na televisão paga. Não é só isso! Eventos como o BSOP (Brazilian Series of Poker) colocam o país no mapa do pôquer mundial e giram enorme quantias em prêmios.
  • #2 – UOL e a parceria com Azubu: Para quem nunca ouviu falar no serviço, Azubu é uma rede global de entretenimento especializada em e-sports, que fornece experiências em jogos, transmissões e interatividades. Desde o começo do mês de fevereiro, todo o conteúdo do site da Azubu, em inglês, é traduzido para o português e integrado ao UOL, inclusive com os mesmos vídeos que o usuário tem acesso na Azubu TV. De acordo com Rodrigo Flores, diretor de conteúdo do UOL, “Azubu é referência mundial em streaming de jogos, e essa parceria reforça o compromisso do UOL em oferecer ao seu público a melhor cobertura sobre games da internet brasileira”. Em resumo, se o maior portal brasileiro está investindo na transmissão de games, isso quer dizer que o mercado pode ser aquecido.
  • #3 – Azubu? O Twitch vem aí também: Um dos principais concorrentes da Azubu desembarcou no Brasil. Velho conhecido dos gamers, o Twitch anunciou na semana passada (18/02) a entrada da plataforma no mercado brasileiro. A empresa é uma subsidiária da Amazon e chegou ao país graças a uma parceria com a IMS (Internet Media Services). Aliás, sabe quem é dona de 51% das ações da IMS? A Sony. Preciso dizer mais alguma coisa?
  • #4 – A estreia do Brazilian Series of Games: Às 23:30 de hoje (29/02), estreia no BandSports o BSOG, primeiro programa diário com transmissão de partidas de games, com comentaristas e narradores. O programa será apresentado de segunda a sexta no período noturno e terá reprises às 10h30. Estamos falando de um canal de esportes gigante transmitindo jogos eletrônicos diariamente.
  • #5 – Oportunidade de mercado: Segundo o Global Games Market Report, relatório da NewZoo, o mercado latino-americano representa apenas 4 bilhões de dólares em um mercado que totalizou US$ 91 bilhões em 2015, ou seja, tem espaço para crescer.

Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑