butcher-billy-black-mirror-netflix-com-limao

Compartilhe:   

Butcher Billy: Fan arts e projetos experimentais valem a pena?

por Victor Vasques

No começo da semana publiquei um texto sobre o Nintendo Legends, um projeto feito por uma dupla de designers de Seattle que chamou muita atenção (leia mais aqui). No entanto, alguns designers vieram comentar que o projeto experimental/conceitual é uma grande bullshit (a.k.a. besteira) e deviam parar com isso. Bom, meus amigos… O mundo dá voltas e eu quero esclarecer alguns pontos. Começando pelo fato de PROJETOS CONCEITUAIS SÃO BEM LEGAIS!

Nos últimos dez anos tenho escrito sobre design e projetos reais e conceituais. Sem dúvidas, aqueles que não possuem limitações de budget e etc., são (de looonge) os mais legais. Mas afinal, por que devemos fazer este tipo de trabalho? A resposta é simples, você é visto pelo mercado, pelos clientes e por quem tem a grana/poder de decisão.

Vamos ao exemplo mais legal da semana. Estou para escrever sobre o trabalho do artista curitibano Butcher Billy (também conhecido como Bily Mariano Da Luz) há algumas semanas. Como bom fã de Black Mirror, as fan arts do Billy me chamaram atenção logo de cara. Com cores vibrantes e estilo à lá quadrinhos da década de 60, os trabalhos do ilustrador já merecia destaque pelo simples fato de ser um belíssimo trabalho.

Só que Butcher Billy foi além, chamou a atenção de Charlie Brooker, criador da série Black Mirror, que entrou em contato com o artista via Twitter. O resultado?  A foto abaixo. Para quem não entendeu, é uma foto do contrato de confidencialidade da série Black Mirror, acompanhado da seguinte mensagem “Começando 2017 já arregaçando espelhos negros. #ComingSoon #Season4 #Netflix”. Sim! O artista curitibano faturou uma vaga no time de produção da série do Netflix.

Encerro o texto de hoje com um pouco da arte do curitibano Butcher Billy e com a pergunta “você ainda acha que projeto experimental não vale a pena?

butcher-billy-black-mirror-netflix-com-limao-01

butcher-billy-black-mirror-netflix-com-limao


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus. Worklover assumido, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG e Itaú.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑