moto-g5-review-com-limao

Compartilhe:   

Moto G5: Ótimo custo-benefício e design de alumínio

por Victor Vasques

“Passa o seu Whats?” é assim que as novas gerações pedem o telefone daquela paquera (ok, paquera não… do crush). Atualmente somos tão dependentes de smartphones, que até o termo “celular” está caindo em desuso. Não à toa, só no Brasil são mais de 242 milhões de linhas ativas, segundo dados da Anatel de abril/2017. Ainda de acordo com a agência, só nos últimos doze meses, a tecnologia 4G teve um crescimento de 119.23%.

Como já estou noivo há um bom tempo, a pergunta que mais ouço não é “passa seu whats?”, mas “qual celular eu devo comprar?”. Sério, quase todos os dias surge alguém pedindo aquela ajudinha. Por isso, hoje vou falar de um modelo com excelente custo-benefício, design interessante e bem atualizado. Estou falando do Moto G5.

Lançado recentemente, o modelo mais simples da família G tem processador octa-core de 1.4 GHz, bateria robusta (2.800 mAh, o suficiente para aguentar um dia inteiro), câmera de 13 MP e sensor de impressão digital (talvez este seja um dos grandes destaques, já que o modelo está na faixa de preço abaixo dos R$ 1 mil).

Design: Alumínio e tela de 5”

Para um celular de R$ 999 (é possível encontrar por até R$ 849), o Moto G5 é um aparelho bem bonito. Com corpo de alumínio e belo acabamento – bem característico da família G – o aparelho tem tela de 5” (1080 x 1920 pixels) e lembra bastante os seus antecessores.

Aliás, se existe um ponto que gosto da Motorola é a sua franqueza. Quando você pega um aparelho da marca nas mãos, já tem a impressão que ele é resistente. O corpo de alumínio, sem firulas de vidro ou outros elementos que quebram na primeira queda, fazem do G5 um “celular de guerra”, ou seja, para uso frequente. Veja bem, isso não quer dizer que o aparelho precisa ser feio. Pelo contrário, o G5 é bem bonito, comparado com seus concorrentes de preço. A única fala no design deste modelo é o acesso a bateria/chip. A capa de alumínio é tão bem presa no aparelho que fica difícil retirá-la. Uma dica triste, mas realista… se for assaltado, nem tente pedir pra tirar o seu chip do aparelho.

Preço, memória e câmera: A santa trindade do smartphone

Ele tem boa câmera? A memória dele é boa? E o preço? Não preciso nem fazer uma pesquisa para saber que estes são os 3 principais pontos escolhidos na compra de um smartphone. Mas se você não acredita em mim, então aqui vai alguns dados. Segundo a KRC Research, 76% dos entrevistados afirmaram que querem um celular com bateria que acompanhe seu ritmo de vida e 66% com uma câmera melhor. Para saber mais, dê uma olhada no nosso texto “Pesquisa revela dados curiosos sobre consumidores de smartphone”.

Começando pela câmera, o G5 traz uma câmera de 13MP com tecnologia PDAF (phase detection autofocus), que permitem focar rapidamente para obter fotos ainda mais nítidas. Em relação à memória, o G5 vem com 32GB interno e suporta micro SD de até 128GB, ou seja, dá para guardar muita coisa. Sobre o preço, foi o que falei no início do review, atualmente dá para encontrar o modelo por até R$ 849, valor bem em conta para um aparelho que possui performance premium e Android 7.0.

Em resumo, o Moto G5 é um modelo interessante para quem busca custo-benefício em um aparelho que é “pau pra toda obra”.

Moto G5: Ótimo custo-benefício e design de alumínio Victor Vasques

Moto G5

Design
Processador
Câmera
Durabilidade
Bateria
Tela

Summary: Com corpo de alumínio, processador premium e bateria de 2.800 mAh, suficiente para aguentar um dia inteiro, o Moto G5 é um aparelho com ótimo custo-benefício e alta durabilidade.

4

Uso Diário



Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook