marcas-mais-valiosas-brandz-ranking-2017-com-limao

Compartilhe:   

As marcas mais valiosas do mundo e o crescimento da Tesla e Tencent

por Victor Vasques

A edição 2017 do BrandZ das Top 100 Marcas Globais Mais Valiosas, divulgado pela WPP e Kantar Millward Brown, mostra uma hegemonia dos gigantes da tecnologia no topo. Com Google, Apple, Microsoft, Amazon e Facebook nos cinco primeiros lugares, este ano, o valor total das Top 100 marcas cresceu 8% chegando a US$3.64 trilhões, comparado com 3% em 2016. Outro dado interessante é que o número de marcas que valem mais de US$ 100 bilhões aumentou de seis para nove.

Google, Apple e Microsoft se mantiveram entre os Top 3, aumentando o valor de marca em 7% para US$245.6 bilhões; em 3% para US$234.7 bilhões e, em 18% para US$143.2 bilhões, respectivamente, comparado com o ano passado. Facebook ocupa o quinto lugar, com crescimento de 27% passando para US$129.8 bilhões. Um ponto a destacar é que 25% do valor total das Top 100 marcas mais valiosas do BrandZ é composta pela soma dos valores combinados das Top 5, o que reforça sua importância no cenário atual de negócios.

Devemos ficar de olho em Jeff Bezos, Elon Musk e “Pony” Ma Huateng

Começando por Bezos, a Amazon registrou o maior crescimento de todas as marcas das Top 100, aumentando US$40.3 bilhões (+41%) e chegando ao valor de US$139.3 bilhões, o que rendeu a quarta posição no ranking. No entanto, a marca é voraz e seu crescimento só deve aumentar. Ainda este mês, a Amazon anunciou a compra da Whole Foods, rede de supermercados americana e Bezos, com a sua Blue Origin, vai produzir motores para foguetes na cidade do Alabama, nos EUA.

Uma marca “core” e viagens para Marte. Espera aí, já vimos esta história antes. Exatamente, Bezos está seguindo a estratégia de Elon Musk. A vantagem é que Bezos, particularmente, tem mais dinheiro do que Tony Stark, quero dizer… Elon Musk.

Mas por falar em Musk, o sr. Energia Solar e Carros Elétricos também está no ranking. A Tesla cresceu 32% e se tornou a marca automotiva de crescimento mais rápido do mundo, com um valor de marca de US$5,9 bilhões. Apesar de ser “apenas” a oitava no ranking de montadoras, a marca (com apenas 8 anos de existência) já ultrapassou lendas do mercado, como Land Rover e Porsche.

Por fim, temos outro destaque em oitavo lugar (agora no ranking geral). A marca chinesa Tencent, impulsionada pelo aumento do uso de sua plataforma social WeChat, entrou no Top 10 pela primeira vez, com aumento no valor de marca (27%, US$108.3 bilhões). Para quem nunca ouviu falar em “Pony” Ma Huateng, vale dar uma olhada no dossiê que montamos sobre a marca e seu fundador.

Só para ter uma ideia do poder de fogo chinês, alguns analistas apostam que a Tencent pode se tornar a maior marca do mundo em dez anos. Além de serem donos de 5% da Tesla, a chinesa possui em seu portfólio aplicativos e games como Clash Royale e League of Legends, além, é claro, de fazer parte do clube dos US$ 300 bilhões, junto com Apple e Google.

Insigths e tendências do ranking BrandZ Global Top 100

Os ecossistemas de tecnologia centrados no consumidor tornam as marcas indispensáveis: Os consumidores podem cada vez mais realizar uma série de atividades, desde compras online até assistir a televisão, sob a bandeira de uma marca e em vários dispositivos. Esta conveniência também permite que as marcas mais ponderosas minimizem o risco de mudança dos consumidores.

Empresas tradicionais não tecnológicas estão adotando a tecnologia para inovar e aumentar o apelo para consumidores: A Adidas, marca de mais rápido crescimento, introduziu a impressão 3D para produzir seus calçados, por exemplo, enquanto a marca de fast food Domino´s Pizza oferece aos clientes um rastreador de pedidos em tempo real.

As Top 100 estão mais jovens: A média atual de idade das marcas é 67 anos, comparado com os 84 anos em 2006, refletindo a entrada de novas marcas de tecnologia e marcas chinesas emergentes.

Uma boa comunicação coloca as marcas na ponta da vantagem competitiva: As três maiores com comunicações mais fortes (incluindo McDonald’s e L’Oréal Paris) aumentaram 196% em valor, comparado com 47% para as três menores. Isso ocorreu, pois elas amplificaram com sucesso a diferenciação que criaram.

Ranking das Top 10 marcas mais valiosas (valores em US$bi)

  1. Google – 245
  2. Apple – 234
  3. Microsoft – 143
  4. Amazon – 139
  5. Facebook – 129
  6. AT&T – 115
  7. Visa – 110
  8. Tencent – 108
  9. IBM – 102
  10. McDonald’s – 97

Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus. Worklover assumido, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG e Itaú.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑