Compartilhe:   

Pantone de raças: Para mostrar que todos somos diferentes e iguais ao mesmo tempo

por Victor Vasques

Já não é de hoje que vejo um caso de preconceito sendo propagado pelos meios jornalísticos. Um dia é uma estudante querendo afogar nordestinos, no outro é um professor que pede para o aluno negro voltar para África.

Branco, negro, chinês ou hindu. Não importa como você é, toda pessoa é um ser único. Todos somos diferentes e ao mesmo tempo somos iguais. Com duas pernas, sejam elas mecânicas ou não.

Esses são apenas pensamentos dispersos em um parágrafo, mas leis que todos nós deveríamos lembrar ao se levantar da cama. Afinal, ter preconceito todos nós temos, mas coloca-los acima da nossa humanidade é o que nos estraga.

Foi pensando nestes conceitos que decidi apresentar o Pantone de raças. Trabalho do artista francês Pierre David, a coletânea de fotos forma um acervo dos diversos tons de pele.

Mas basta bater o olho no trabalho para lembrar uma coisa. Não importa o qual o seu tom de pele, todos somos humanos e ainda moramos no mesmo planetinha poluído e azul.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


1

One Response to Pantone de raças: Para mostrar que todos somos diferentes e iguais ao mesmo tempo

  1. Beth Cordeiro says:

    Muito bom!!! Se cada um, naquilo que faz, pudesse colaborar pra mostrar como é ridículo qualquer tipo de preconceito, talvez já não existisse nenhum corroendo nossa humanidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook