no-pulso-do-brasil-ayrton-senna-cannes-com-limao

Compartilhe:   

#NoPulsoDoBrasil: Realidade aumentada, choro em Cannes e Ayrton Senna ❤

por Victor Vasques

O texto de hoje é um turbilhão de emoções. Aliás, acho que emoção é uma palavra que define bem a figura de Ayrton Senna e o seu significado para os brasileiros. Particularmente tenho uma fixação pelo piloto, mas foi algo que só vim entender anos depois do fatídico domingo em Ímola. Senna era perfeccionista ao extremo e eu me identifico muito bem com isso. Uma qualidade invejada por muitos e um defeito explosivo.

Senna também é ídolo, mas, segundo o dicionário, ídolo é imagem ou pessoa que representa uma divindade e que se adora como se fosse a própria divindade e a minha religião não permite isso, mesmo assim afirmo com todos as palavras, se algum dia tive um ídolo, este foi Ayrton Senna da Silva.

Na última quarta-feira, 22 de junho de 1986, completaram trinta anos desde a vitória de Senna no GP de Detroit. Para quem não sabe, é aquela corrida em que o piloto, após vencer a corrida, viu um brasileiro do lado da pista com uma bandeirinha do Brasil. Ele não hesitou em parar, pegar a bandeira, e dar uma volta com ela em punho, em um gesto que seria eternizado. Foi também em 86 que eu nasci.

Coincidências ou uma grande mistura de fatos aleatórios, a verdade é que esta quarta-feira foi o dia em que fui chamado para conhecer o Instituto Ayrton Senna. Mais do que isso, fui convidado para conferir o lançamento da campanha No Pulso do Brasil, que mistura comunicação, inovação, tecnologia e Senna.

Criada pela J. Walter Thompson (e com tecnologia desenvolvida pela Bolha), a campanha une pulseira e aplicativo de realidade aumentada para levar uma mensagem de incentivo aos mais de 1400 atletas olímpicos e paraolímpicos. Segundo o Instituto, a ideia é que a pulseira sirva como um amuleto e dentro estão as palavras: “determinação, garra e superação”. O vídeo abaixo dispensa minhas palavras e explica o funcionamento da pulseira.

 

A campanha é tão emocionante, que foi – segundo o Meio & Mensagem – protagonista de um momento de choro no festival de Cannes deste ano. Nas palavras da jornalista Bárbara Sacchitiello:

Nem só de discussões e horas de espera vive-se um júri. Domênico (Massareto, jurado da categoria Mobile) conta que, durante os trabalhos de sua turma, aconteceu um dos momentos de maior emoção do festival. O motivo foi a avaliação do case ‘Ayrton Senna: The Heart of Brasil’, da J.Walter Thompson para o Instituto Ayrton Senna. ‘O case é uma pulseira, que possui um aplicativo de realidade aumentada. Ao ser colocada diante de um smartphone, a pulseira exibe uma mensagem de incentivo do próprio Senna. O Júri pediu para eu traduzir e assim que li a primeira vez, veio o nó na garganta e comecei a chorar. Pedi desculpas e disse que não conseguiria seguir. Neste momento, quando levantei a cabeça, boa parte do júri também estava chorando. Isso, por si só, explica quem era Ayrton Senna’, relatou Domênico. A emoção, posteriormente, rendeu um momento curioso. Assim que avaliaram a peça, que ganhou um Leão de Prata, um dos jurados prontamente levantou a mão e pediu para ficar com a pulseira. ‘Ele estava muito emocionado. Deixamos a pulseira com ele’, confessou Domênico.”

Eu também ganhei a pulseira (que está à venda no site do Instituto), mas mesmo não sendo atleta, não consigo conter as lágrimas ao ver a mensagem. De novo, por causa de uma questão pessoal. Preciso confessar que há algum tempo penso em arriscar a vida profissional fora do Brasil, mas eu lutei tanto, tantos anos pra chegar isso (chegar ao nível profissional que tenho hoje)… vai ter que dar. Nada é mais importante que vencer em casa. Valeu, Senna.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook