Compartilhe:   

Peugeot 308 THP: Os leões no design da marca francesa

por Victor Vasques

Nas últimas semanas testamos o novo Peugeot 308 THP, um hatchback médio com estilo marcante. Mas espera aí, você deve estar se perguntando porque o Com limão foi fazer test drive e não tem nenhum vídeo com GoPro e filmagens em autódromo. Porque o tema de hoje (e de todos os dias) é apenas um: Design!

Uma das características reconhecidas na Peugeot está na qualidade superior do acabamento, no conforto que seus modelos proporcionam aos ocupantes, mas antes de entrarmos no carro, vamos falar do externo.

O design do leão francês: Da marca ao carro

Assim como outras marcas automotivas, a Peugeot tem um animal como símbolo, o leão. Este ícone apareceu pela primeira vez por volta de 1850, quando a Peugeot ainda era apenas uma fábrica de ferramentas e acessórios (até armações para guarda-chuvas eles produziam). Do primeiro carro, em 1889, até hoje, muita coisa aconteceu. Lançaram modelos híbridos, foram campeões de Le Mans duas vezes e, este ano, completaram 25 anos de Brasil.

Em resumo, o leão tem história. Mas você sabia que o leão da Peugeot está presente em todas as partes do carro? Não estou apenas falando do logo, os designs dos carros são marcantes porque, de forma sintetizada, remetem ao estilo felino.

308 THP: O leão dentro e fora do carro

Agora, falando especificamente sobre o 308 THP, o modelo carrega a imponência e característica do leão já na dianteira. Quando você olha o carro de frente, percebe que ela é mais baixa e larga, detalhe que reforça a posição de ataque do felino. Quem tem gato em casa sabe bem o que estou falando.

As referências não terminam por aí. Ainda falando da parte dianteira, as grades e os faróis formam os olhos, nariz e boca do felino. Mas aqui existe um pequeno detalhe entre o novo modelo e o antigo. A grade frontal é integrada aos faróis, fazendo com que dê a sensação de alongamento. Antes eles eram separados.

Para quem olha o 308 e diz “esse carro parece rápido”, o motivo está no que os designers automotivos chamam de Linha de Cintura, que no caso do modelo da Peugeot é mais “acelerada”, fazendo com que cada detalhe do carro passe a impressão de que nada é estático, além de ser inspirado nos “ombros” dos felinos.

peugeot-leao-design-com-limao-b

Tecnologias e teto panorâmico: Uma atração à parte

Além de ser um carro bem tecnológico para a categoria (possui iluminação em LED, 6 airbags, freio à disco e central multimídia com tela de 7” com touchscreen), é o teto panorâmico do 308 que completa o show. Depois que você se acostuma com o teto sempre aberto, os outros carros parecem menores e mais claustrofóbicos. É difícil explicar com palavras a sensação de espaço e conforto que se tem com um teto panorâmico. Basta um botão, para que você possa abrir o painel do teto e liberar uma visão quase que 180º.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook