01-vivo-keyd-cs-go-e-sports-campeonato-com-limao

Compartilhe:   

Brasileiras fazem história em campeonato de Counter-Strike

por Victor Vasques

As jogadoras da equipe feminina de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) da Vivo Keyd fizeram história neste domingo (25) ao conquistar a quarta colocação no Intel Challenge Katowice 2018. Juntas pela primeira vez em competição internacional, as brasileiras jogaram contra as adversárias europeias da RES Gaming, que marcaram 2 a 0, com 16-8 na Mirage e 16-14 na Train. Pamella “pan” Shibuya, Juliana “showliana” Maransaldi, Camila “cAmyy” Natale, Bruna “bizinha” Marvila e Gabriela “GaBi” Maldonado realizaram a melhor campanha de um time brasileiro no cenário feminino mundial de CS:GO e foram ovacionadas nas mídias sociais. Com o quarto lugar, as pro players arremataram US$ 5 mil.

 “Feliz demais de termos alcançado este resultado no primeiro campeonato internacional do time. Agora, vamos com tudo para a China”, avisa Pamella “pan” Shibuya.

“Foi muito especial todas as mensagens e a torcida de todos. Esse campeonato nos mostrou o quanto evoluímos em um ano e o quanto a nossa dedicação está valendo a pena. Somos o primeiro time brasileiro feminino de CS:GO a passar para uma semifinal internacional. Estou feliz com os resultados”, resume “cAmyy”.

O sexteto já está na Off-Mode, uma gaming house profissional situada na cidade de Poznań, na Polônia, de onde manterão a rotina intensa de treinos.

O objetivo é se preparar para as finais mundiais da World Electronic Sports Games (WESG), que tem início no dia 12 de março, em Haikou, capital da província de Hainan, no extremo Sul da China. “Faremos um bootcamp de 13 dias, treinando e nos preparando para a WESG. O nosso patrocinador, Vivo, nos proporcionou toda a infraestrutura”, revela “cAmyy”

02-vivo-keyd-cs-go-e-sports-campeonato-com-limao

Um dos maiores torneios de CS:GO do mundo, a WESG acontece até o dia 18 de março, reunindo oito equipes ao todo. Caso vençam o torneio, as jogadora brasileiras da Vivo Keyd, que já garantiram US$ 5 mil pelo 1º lugar nas classificatórias sul-americanas, poderão conquistar 100 mil dólares destinados à equipe campeã feminina.

Caso conquistem o campeonato, as brasileiras, que já são consideradas as melhores jogadoras profissionais do cenário sul-americano, poderão se consolidar também no seleto time das maiores jogadoras de CS:GO do mundo.

Para quem ainda não conhece o Vivo Keyd, eles são um dos mais importantes e tradicionais clubes de esportes eletrônicos do cenário sul-americano. Patrocinado pela operadora Vivo, o clube conta com quatro equipes: League of Legends masculino, Counter-Strike masculino e feminino e Clash Royle.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook