Anthem: Streamer quebra contrato e perde toda sua biblioteca do Origin

Compartilhe:   

Anthem: Streamer quebra contrato e perde toda sua biblioteca do Origin

por Victor Vasques

No último fim de semana (8), aconteceu a primeira sessão alpha (antes do beta) de Anthem, novo game da BioWare, e… bem… é isso que posso contar por enquanto. Pode parecer estranho, mas o texto de hoje não é sobre o game em si, mas sobre criadores de conteúdo e seus limites. Isso porque um streamer conseguiu perder TODA a sua biblioteca de games do Origin.

Para você entender melhor a crítica e como começou toda a história, precisamos voltar no tempo e explicar alguns detalhes legais. Na última segunda (3), recebi um e-mail convidando para participar da sessão fechada do novo jogo. Só que havia um detalhe, quem topasse participar, precisava assinar digitalmente uma NDA (Non-Disclosure Agreement, ou “acordo de não divulgação”, em português). A brincadeira era séria.

O caso é que a BioWare não queria esconder nada da comunidade. Era uma sessão para testarmos e avaliarmos o jogo diretamente para a produtora. Algo super comum no meio (até mesmo a assinatura de NDA). Mas um streamer “gênio” decidiu quebrar a NDA e fazer uma transmissão do jogo.

Veja bem, a NDA é um contrato e a quebra dele consiste em punições. Neste caso, a perda de toda a biblioteca de jogos da Origin (plataforma de games da EA). Mais do que justo, não? No vídeo abaixo, é possível ver o momento exato da punição. Diga-se de passagem, a EA e a BioWare foram rápidas demais.

 

Onde quero chegar com toda essa história? Produzir conteúdo para internet (ou qualquer outra plataforma) não é brincadeira. Exige profissionalismo, respeito e postura. Não dá para quebrar um contrato e depois achar que um pedido de desculpas vai resolver. Se existe um contrato, isso quer dizer que a empresa pode perder dinheiro com a divulgação indevida. São mais de 13 anos produzindo conteúdo no Com limão e em tantas outras plataformas, mas confesso que fiquei pasmo com a ousadia deste moleque (chamo de moleque não pela idade, mas pela atitude, pois – se a EA fosse outra empresa – poderia sobrar para toda a comunidade).

Em tempo, a Electronic Arts anunciou as datas para a Demo VIP de Anthem, bem como a Demo Aberta. Os fãs que encomendarem Anthem, assim como assinantes EA Access e Origin Access, terão acesso à Demo VIP em 25 de janeiro de 2019, e todos os jogadores terão a chance de testar suas Lanças e experimentar Anthem em 1 de fevereiro de 2019. Ambas as demos estarão disponíveis no Origin para PC, Xbox One e PS4.

Jogadores da Demo VIP serão os primeiros “freelancers” à enfrentarem os perigos do mundo de Anthem, e receberão um item no jogo comemorando seus espíritos pioneiros. Eles também verão seu progresso ser levado da Demo VIP para a Demo Aberta. Todos os jogadores devem manter os olhos abertos durante a Demo Aberta, pois os desenvolvedores tem uma surpresa especial para os mais ousados (não estamos falando daqueles que fazem transmissões ilegais!).

“É hora dos fãs colocarem suas mãos e experimentarem Anthem,” disse Mike Gamble, Lead Producer de Anthem. “Nós realmente acreditamos que eles irão apreciar sabor de voar e lutar neste novo mundo que nossa equipe tem criado por muitos anos.” Confira o trailer do game abaixo!

 


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook