Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Sem categoria

Jornalista do "NYT" critica o controle aéreo brasileiro

Durante entrevista a um programa da rede de televisão NBC nesta quarta-feira, 4, o jornalista americano Joe Sharkey, que trabalha no The New York Times, pôs sob suspeita as investigações brasileiras sobre a colisão entre o jato Legacy, em que ele estava, e o Boeing da Gol.
“Nós precisamos ter cuidado com as evidências coletadas pelas autoridades brasileiras sobre o acidente”, declarou Sharkey no programa, segundo a TV Globo News. Ele disse ainda acreditar que os pilotos do jato, que ficaram com os passaportes retidos no Brasil, correm “algum tipo de perigo”.

(engraçado que até agora não foi explicado várias questões levantadas a respeito do Legacy, por que esse medo todo do jornalista?)

Em entrevista à TV Globo, o jornalista do “NYT” criticou o controle aéreo brasileiro, chamando-o de “horrível”, e disse que o Legacy voava a 37 mil pés, “sem fazer subidas e descidas bruscas”. Indagado se os pilotos teriam desligado o transponder, ele respondeu:
– Por que fariam isso? Só se fossem loucos.
O ministro da Defesa, Waldir Pires, chamou Joe Sharkey de irresponsável por ter classificado o controle de tráfego aéreo brasileiro de ruim e, ao mesmo tempo, elogiado os pilotos do Legacy.
– É lamentável que alguém faça uma declaração dessa lá fora – disse o ministro. – O jornalista foi irresponsável.

Lamentável mesmos essas declarações, concordo com o ministro

Leia também

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.