Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

EcoDesign

Google investe 280 milhões para tornar a energia solar mais acessível

Google investe 280 milhões em modelo de negócios voltado para energia solar e incentiva o mercado

Um dos grandes problemas para a expansão do uso da energia solar é o grande investimento necessário para instalar esse tipo de tecnologia nas residências. Em resposta a isso, a empresa SolarCity criou um interessante modelo de negócio que permite o aumento da produção de energia limpa. A companhia oferece um “leasing” de painéis solares em troca de uma cota mensal.

O pagamento mensal, somado à conta de luz (mais baixa, por conta da economia gerada pelos painéis) é menor do que o que uma pessoa pagaria se usasse a eletricidade da rede pública.

Além disso, o proprietário da casa não precisa se preocupar com os custos de manutenção e serviço, já que ambos estão incluso no contrato.

No entanto esse interessante modelo de negócios e de incentivo a sustentabilidade deve dar um salto significativo. Isso porque o Google anunciou investimentos de 280 milhões de dólares para ajudar a SolarCity a financiar mais instalações.

“(…) é o maior investimento em energia limpa já feita até o momento

“Esse é o maior investimento em energia limpa já feita até o momento, e eleva a soma investida no setor para 680 milhões de dólares. Além disso, fizemos uma sociedade para oferecer o serviço da SolarCity com desconto para funcionários do Google”, afirmou Rick Needham, diretor de operações de “Negócios Verdes” da empresa.

O Google vem investindo em projetos de produção de energia eólica e solar em grande escala nos EUA e Europa, mas essa ação apoia o desenvolvimento da produção distribuída, ou seja, produzida e consumida no mesmo lugar. É mais eficiente do que a produção centralizada, já que se perde menos energia no transporte.

Para completar, Needham esclarece que as ações da empresa não têm fins meramente “filantrópicos” e a empresa receberá incentivos fiscais e cobrará lucros da SolarCity. Soluções como as propostas pela SolarCity parecem indicar o caminho para a expansão do uso de energias limpas, essenciais para reduzir as emissões CO².

Ainda mais quando unidas a filosofia “Don´t Be Evil” (não seja mau, em tradução) e ao dinheiro do Google, esse modelo de negócio pode dar bem certo!

Fonte: O texto acima foi baseado na matéria Google investe 280 milhões para tornar a energia solar mais acessível do blog Treehugger

Leia também

Apple

Anualmente a Forbes divulga a lista das 100 marcas mais valiosas. No ranking 2020, nenhuma alteração nos cinco primeiros lugares: Apple, Google, Microsoft, Amazon...

Design

Uma embalagem de papel e 100% livre de plástico, é a proposta da nova garrafa de Johnnie Walker Black Label, da Diageo. Com previsão...

Multimídia

Neste novo trailer, você confere a jogabilidade de The Sims 4 Vida Sustentável, que chega aos consoles,PC e Mac no próximo dia 05 de...

EcoDesign

The Sims 4 Vida Sustentável permitirá que os Sims sejam mais ecológicos e adotem um estilo de vida mais sustentável, usando recursos alternativos para...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.