Seria "O Espetacular Homem-Aranha" a revelação do cinema em 2012? • Com Limão
Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Comunicação

Seria “O Espetacular Homem-Aranha” a revelação do cinema em 2012?

Entenda porque o “O Espetacular Homem-Aranha”, dirigido por Marc Webb e pensando para o 3D, pode ser a revelação do ano no cinema e disputar a liderança com “Os Vingadores”

Nas últimas semanas não se falou de outra coisa a não ser Os Vingadores. Com uma inveja enrustida do sucesso tsunami que o filme da Marvel tem atingido, Christopher Nolan tirou da manga um trailer de Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge.

No entanto, enquanto alguns entram na busca incessante pelo título de melhor filme de 2012, outro super-herói parece ter vindo à surdina para arrancar o posto de grande destaque do ano.

O Espetacular Homem-Aranha, de Marc Webb, tem previsão de lançamento para 3 de Julho e pode reverter a história para aqueles que acham a perda de Tobey Maguire e Sam Raimi insubstituíveis. Como fã antigo do “amigo da vizinhança”, fiquei com receio quando as mudanças foram anunciadas. Afinal, Raimi é uma lenda do cinemas e Webb, bem… ele fez 500 Dias Com Ela.

Mas, assim como a nova trilogia Batman, Webb pretende recomeçar do zero e esquecer os outros filmes do herói. Mais do que isso, o jovem diretor promete trazer para as telas do cinema um filme muito mais próximo da experiência de entretenimento, do que um simples “senta a bunda e assista”.

Para quem já conferiu os trailers do filme (se ainda não viu, veja abaixo!), deve ter percebido que “O Espetacular Homem-Aranha” foi pensado para o cinema 3D. Sua fotografia e efeitos especiais foram minuciosamente orquestrados para a tecnologia. A ideia é tirar o espectador da poltrona e coloca-lo na visão do próprio Aranha.

Lagarto: Um anti-herói importante, mas esquecido.

Ele é violento, é rápido e, acima de tudo, tem um papel importante na história do nosso herói. O alter ego do Dr. Curtis Connors não poderia ser melhor escolha para quem quer resgatar o início das histórias criadas por Stan Lee. A primeira aparição do personagem foi na edição 6 da revista “The Amazing Spider-Man”.

Além disso, Dr. Connors e Parker possuem certa ligação. Nos quadrinhos, o herói é assistente de Connors na Empire State University, já no filme, tudo indica que haverá alterações.

Existem outros dois pontos importantes em colocar Dr. Connors/Lagarto em um filme do Homem-Aranha. Primeiro, porque o personagem é um anti-herói, ou seja, ele não é um vilão por essência e, em alguns momentos, até ajuda o herói da história. Como médico e pesquisador, Connors é uma rica fonte de inspiração para Peter Parker. Estes dois aspectos farão com que o espectador se divida em opiniões entre o repugnante réptil e o inteligente doutor.

Outro fator importante é a ponte que o personagem faz entre outros heróis da empresa. Amigo de Charles Xavier, mais conhecido como Prof. Xavier (X-Men), membro honorário da S.H.I.E.L.D e com contatos no Quarteto Fantástico, são alguns dos pontos que fazem o Dr. Connors uma peça chave para a ligação entre as franquias da Marvel.

Gwen Stacy: Uma loira complicada.

Ah! O primeiro amor a gente nunca esquece… Mentira! Afinal, quem é mesmo Gwen Stacy? Agora Mary Jane você conhece. Bem, esqueça a ruiva/esposa de Peter Parker. A mocinha complicada do novo filme volta a ser Gwen Stacy.

Primeiro grande amor de Peter, a loira conhecida na faculdade tem como brinde um pai policial. Tudo o que Peter Parker gostaria de ter como sogro! Para completar a vida do cabeça de teia, George Stacy não é um dos melhores amigos do Homem-Aranha (em um ponto do trailer vemos Gwen falando para Peter que o pai dela tem 500 policiais atrás dele!).

Homem-Aranha: Nerd descolado, mas sem teias saindo do pulso.

Para quem acompanha as histórias do Homem-Aranha de longa data, sabe que em sua origem, o personagem Peter Parker tinha cara de nerd extreme, ou seja, quase que um bobo que vive sofrendo bullying. Com o passar dos anos, séries como Homem-Aranha Ultimate ou Homem-Aranha Mangá trouxeram para os quadrinhos um Parker muito mais descolado.

Mais uma coisa que cria marcos de separação entre o antigo e o novo é o fato do personagem atirar teias de modo diferente. Na versão antiga, o herói disparava teia por um dispositivo, alimentado por refil e instalado nas mãos. Já nas versões atuais, a teia sai dos pulsos do herói.

Nos filmes do diretor Sam Raimi, as teias vinham do pulso (uma coisa que chegava a ser nojenta).  Já no novo filme, tudo indica que o personagem usará um dispositivo mais high tech e com o refil limitado (detalhe que deve fazer os antigos leitores lembrarem de quando a teia acabava e o herói se %!@$).

Vamos torcer para que tudo seja bem orquestrado (3D+enredo), pois não é de hoje que a franquia do Aranha precisa de um novo respiro, renovando e resgatando a fidelidade dos quadrinhos.

 

Leia também

Review

Qual foi a melhor experiência de cinema que você teve em casa? Testei a LG OLED evo C3 com filmes, séries e games.

Design

A Walt Disney Company comemora seu centenário em 16 de outubro de 2023 e este será um ano de homenagens aos fãs e contadores...

Apple

Para celebrar o Ano Novo Chinês (que este ano será o “Ano do Coelho” e será comemorado no próximo dia 22 de janeiro de...

Tecnologia

O streaming reina no mundo pós pandemia que vivemos. Só em 2021, o mercado global cresceu 18,5%. E, dentro desse cenário a LG lançou...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.