Carta aberta a todos designers • Com Limão
Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Design

Carta aberta a todos designers

Primeiramente, prometo que vou tentar não me alongar muito. Infelizmente esta carta aberta é quase que um desabafo de um colega de profissão, caros designers. Vamos lá…. Ontem (28/10) publiquei o texto “Entenda por que a regulamentação do designer foi vetada” e a internet enlouqueceu. Fui chamado de “petralha”, “revolucionário”, “imbecil” e daí pra baixo.

Grande parte dos haters, não fazem ideia da minha trajetória no design ou dos meus trabalhos, afinal, são haters. São donos da verdade e, por causa de meia dúzia de palavras, já conseguiram definir meu perfil político e meus interesses (quem dera eu tivesse este poder, usaria ele m análises de mercado).

Para quem não sabe, o Com limão nasceu com o intuito de fomentar o design brasileiro

Para quem não sabe, o Com limão nasceu com o intuito de fomentar o design brasileiro. Surgiu no começo dos anos 2000, quando o tema da profissão estava começando a entrar em ebulição.

Em 2006, o site tomou a forma que existe até hoje, um blog sobre design, inovação e tendência. Foi na mesma época, com atualizações constantes, que o site ganhou diretrizes de conteúdo, ou seja, ser apartidário, só apresentar iniciativas que façam alguma diferença no cotidiano do leitor e, acima de tudo, pesquisar a fundo os temas publicados.

Não falamos as coisas do nada. Pesquisamos, consultamos outros profissionais e, claro, assumimos os erros. Afinal, não somos dono da verdade, mas caçamos ela com muita pesquisa.

Sobre a regulamentação do designer

Antes de tudo, quero dizer que não somos contra a regulamentação. Pelo contrário, ela pode ser até interessante, mas não vou deitar em posição fetal, chorar e derramar minha verborreia só por causa de um veto. Dilma, Cunha… o Papa vetou? Legal, bola pra frente. Isso não vai me impedir de fazer meu trabalho. Já são quase 15 anos nisso, por que vai mudar agora?

Mas nem tudo são trevas e haters e alguns pontos surgiram na discussão, que gostaria de compartilhar:

  • Logo e embalagem foram exemplos: Muita gente, principalmente os designers de produtos, levantaram um ponto importante, o impacto da área na sociedade. No caso de design de produtos e design de interiores, um trabalho mal feito pode custar a vida de outros. Já pensou um carro mal projetado ou um revestimento aplicado de forma errada? Muito obrigado, pessoal! Não tem como agradecer a todos, mas quem comentou o tema, receba meu agradecimento pelo ponto importante da discussão.
  • A regulamentação em outros países: Alguns colegas levantaram um questionamento interessante (ainda sem resposta, mas estou em busca e farei um texto assim que descobrir), o design é regulamentado em outros países? Em quais? Quem puder ajudar com a pergunta, por favor, fique à vontade nos comentários.
  • O veto não é o fim do mundo: Por fim, voltou a bater na mesma tecla. O veto não é o fim. Começando que existem outros projetos em andamento. Segundo porque o mercado precisa amadurecer. Ser xingado por colegas de trabalho só porque apresentei uma ideia não é uma atitude para designers. Somos “os criativos”, o grupo que pensa fora do comum. Vamos agir como seres evoluídos.

Leia também

Apple

Apple Search Ads chega ao Brasil depois de quase 8 anos e permitirá promover apps com segurança e eficácia na App Store, impulsionando downloads...

Impacto

Nota do editor: O texto abaixo foi originalmente publicado em 30 de outubro de 2009. Em quase quinze anos, muita coisa mudou, não só...

Design

Conheça o Yoga Book 9i, o primeiro notebook de tela dupla do mundo da Lenovo, já disponível para venda no Brasil.

Futuro

Google anuncia chegada de IA generativa na Busca em português e que pode ser acessada como experimento do Search Labs, outra novidade lançada no...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.