Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Design

Nova marca TIM: A cultura chinesa e o sinal cortado

O estudo de símbolos sempre foi uma coisa que me chamou atenção. O que eles significam e qual a história por trás daquele signo é um tema que laça a minha atenção como designer. Foi um dos motivos que fez com que fosse aprender mandarim, uma língua onde seus ideogramas são pictogramas das palavras e significados. Já falei um pouco sobre isso no texto “Chinês: A língua de 1 bilhão de pessoas – Parte II“.

No entanto, seja pela ânsia de entregar um projeto ou puramente por preguiça, uma fatia do mercado não se preocupa com os símbolos. A polêmica de hoje é o novo logo da TIM.

Apresentado ontem (13/01) pela empresa italiana, a nova marca é, segundo o CEO do grupo Telecom Italia, “a união de todas as ofertas comerciais do grupo debaixo de uma só marca”, ou seja, marcas locais (como a própria Telecom Italia) darão espaço para a marca unificada. Uma estratégia excelente, se olharmos sob a ótica do branding, mas uma coisa deu errado. O símbolo.


Sim, meus caros, eles desenharam um símbolo e esqueceram de consultar algumas culturas e o consumidor. Para ficar mais claro, vou dividir em duas partes.

O símbolo da TIM na cultura chinesa antiga.

No I Ching, um dos mais antigos pensamentos chineses, existe um conjunto de 64 hexagramas chamado “Sequência do Rei Wen”. Não vou cair nos detalhes da utilização destes símbolos, mas vejam só, lembram bastante o novo símbolo da TIM.

logo-tim-branding-i-ching-feng-shui-chinesa-com-limao-03

Ainda na cultura chinesa, mas agora no Feng Shui, é possível encontrar o “novo” símbolo da TIM entre um dos oito trigramas do Ba Gua. Parece brincadeira, mas quem desenhou a nova marca não perguntou se os oráculos chineses possuem registro de marca do símbolo.

logo-tim-branding-i-ching-feng-shui-chinesa-com-limao-02

A percepção do consumidor e o sinal cortado.

Uma das maiores críticas do serviço de telefonia móvel é a sua inconstância. No Brasil ou na Coréia do Sul, sempre existirá um consumidor reclamando da sua operadora. Normal, estamos falando de um sinal sem fio. Aliás, representado na tela do celular por algumas “barrinhas”, certo? Isso desde sempre. O que a TIM faz? Qual a brilhante ideia? Coloca suas três barras e faz um corte no meio. Sinal cortado! Ótimo símbolo para um serviço de telefonia móvel.

Concordo que o símbolo antigo precisava de uma reformulação, mas ele pelo menos tinha movimento. Lembravam ondas de sinal sem fio.

Talvez o grande ápice da nova marca seja a tipografia usada. Apesar de ter virado uma coisa corriqueira nas marcas que tenho visto, substituir a fonte bastão e reta, por uma com cantos arredondados dá leveza e deixa a coisa um pouco mais amigável. Sempre achei cantos retos uma coisa muito agressiva. Um ângulo que deve ser usado como parcimônia. Infelizmente a TIM decidiu economizar em outro ponto importante, nas pesquisas.

Leia também

Design

A Intel anunciou nesta semana (02), uma grande mudança no logotipo e reformulação de toda a identidade visual institucional e de produtos. Desde a...

Design

A Shark Week (Semana do Tubarão, em português) é um evento clássico do Discovery com o objetivo de celebrar essas criaturas fantásticas e incentivar...

Apple

Anualmente a Forbes divulga a lista das 100 marcas mais valiosas. No ranking 2020, nenhuma alteração nos cinco primeiros lugares: Apple, Google, Microsoft, Amazon...

Design

Um design que expressa uma cultura e um símbolo nacional. Já fazia algum tempo que não via um projeto tão bem embasado e agradável...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.