Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Tecnologia

Realidade Virtual: Holografias, acidentes e um futuro crítico

A realidade virtual (finalmente) chegou para ficar. Já não é de hoje que sonhamos com os atuais óculos VR, ou algo parecido com o que eles são. No entanto, ainda é apenas o começo desta onda.

Aliás, uma onda que está vindo como um tsunami. Para você ter uma ideia, há pouco mais de 3 meses eu me perguntava, aqui mesmo no Com limão, se os vídeos 360º e a realidade virtual seriam o futuro das nossas lembranças. Passados poucos meses, já posso afirmar que isso virou febre e, diferente do que foi a onda 3D, a realidade virtual tem muito que render.

Vamos começar falando de um produto que já está disponível nas lojas, não é nenhuma grande novidade e testamos durante um tempo. O suficiente para dizer propriedade: é bem legal!

Estou falando do Gear VR, da Samsung. Ele é uma das diversas opções para quem quer começar a dar os primeiros passos no mundo da realidade virtual. Você encaixa um smartphone no aparelho, que possui botões touch para controle, e sai navegando por um mundo virtual.

A experiência é bem interessante, principalmente o aplicativo da Netflix, que te coloca dentro de uma sala de televisão (com direito a café e sofá). No entanto, dependendo do modelo do smartphone usado, a tendência é que o Gear VR (e o smartphone) esquente igual uma frigideira e desligue sozinho. Então pode esquecer de usar o Gear VR para fazer maratonas de Netflix.

netflix-vr-experiencia-realidade-virtual-gear-vr-samsung-com-limao

No entanto, nem tudo é diversão no mundo dos óculos de realidade virtual. Como não estamos vendo a nossa real realidade, é muito fácil se acidentar com eles. E existem inúmeros exemplos e postagens no Reddit sobre pessoas que sofreram acidentes domésticos com o HTC Vive, óculos usado para jogar games em realidade virtual. Quer um exemplo?

 

Agora falando sobre o futuro da realidade virtual, o vice-presidente executivo de Windows e Dispositivos, da Microsoft, escreveu um texto (versão em português) no blog da empresa onde conta um pouco sobre o Windows Holographic, uma plataforma que permite as pessoas interagirem com elementos holográficos usando o HoloLens. Abaixo você confere um exemplo da plataforma.

 

Mas se você é mais crítico e acha que a realidade virtual será a destruição da humanidade, vale a pena assistir o curta produzido pelo designer Keiichi Matsuda, onde ele mostra uma visão BEM CRÍTICA do nosso futuro com óculos de realidade virtual. Eu tento ser mais otimista e pensar que o ser humano vai usar a realidade virtual com moderação (será?).

Leia também

Design

Anualmente a Shutterstock anuncia o seu Relatório de Tendências Criativas. A décima edição do relatório identifica tendências globais que influenciarão a estética do design...

Apple

No texto de ontem (11), comentei alguns pontos do texto “As previsões da Singularity University até 2038 – Parte I: A próxima década” sobre...

Futuro

Pensados para funcionar como assistentes do dia a dia, Samsung apresenta o futuro dos robôs domésticos e o que será possível nos próximos anos.

EcoDesign

No fim de 2020, pouco antes de iniciarmos as festas de fim de ano, publiquei no InovaSocial o texto e o podcast “Tendências e...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.