Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Comunicação

Comportamento: Viacom apresenta estudo “Vamos falar de sexo”

A Viacom International Media Networks, divisão da Viacom Inc. e dona de canais como MTV, VH1 e Nickelodeon, divulgou os resultados do seu mais novo estudo – ‘Vamos Falar de Sexo’ – realizado com cerca de 12 mil adultos, entre 18 a 49 anos de idade, em 21 países, incluindo o Brasil. Entre várias curiosidades, estudo mostra que 21% dos homens de 18 a 29 anos que fizeram sexo casual conheceram o(a) parceiro(a) na igreja.

O objetivo da pesquisa é entender quão satisfeitos estão os adultos com suas vidas sexuais, além de aprofundar o assunto sobre como se sentem e onde encontram seus parceiros. Com o crescente papel da tecnologia, a pesquisa também traz informações sobre como os aplicativos influenciam nos novos relacionamentos e qual seu papel na vida sexual dos entrevistados.

Além do Brasil, o estudo contou com os participantes de outros 20 países: Austrália, Bélgica, Colômbia, República Tcheca, Alemanha, Hungria, Indonésia, Itália, Malásia, México, Holanda, Filipinas, Polônia, Romênia, Cingapura, África do Sul, Suécia, Tailândia, Reino Unido e EUA.

A virgindade é mais comum do que se imagina

Entre os entrevistados, 91% afirmaram gostar de sexo. No entanto, a pesquisa revelou que, 1/4 dos jovens de 18 a 24 anos são virgens. Mundialmente, esse número é maior, 38%. Os países da região Ásia-Pacífico têm a maior concentração de jovens adultos virgens (84% na Malásia e Cingapura, 78% na Indonésia, 53% na Tailândia, 47% nas Filipinas). A virgindade também é muito comum entre os jovens 18-24 nos Estados Unidos, com 53%. Os números mais baixos estão na Alemanha, Hungria e Romênia.

Após os 25 anos, menos adultos são virgens. 11% entre aqueles com idade entre 25 e 29 anos, 4% na faixa 30-39 e 5% na faixa 40-49. Mundialmente, a porcentagem fica 18% no 25-29, 9% no 30-39 e 6% no 40-49.

O sexo casual não é tão comum

A pesquisa também mostrou que 31% dos jovens de 18 a 24 anos não estão namorando atualmente: 22% nunca estiveram em um relacionamento sério e 1/5 dos jovens nunca viveram uma relação casual. O fato de 53% ainda morar com os pais tem um impacto relevante na vida amorosa. Quando deixam a casa dos pais – a maioria por volta dos 26 anos – é para ir morar com o parceiro.

Entre adultos de 18 e 29 anos, menos da metade já tiveram um relacionamento de apenas uma noite (39%). Já 20% dos entrevistados afirmam que já tiveram alguma experiência sexual com colega de trabalho.

A tecnologia e o seu papel na vida sexual

De acordo com a pesquisa, a maioria das pessoas começam as paqueras pessoalmente e, apesar disso, a tecnologia desempenha um papel cada vez mais importante na vida sexual de cada um.

Entre os adultos de 18 e 29 anos que fizeram sexo causal, 96% se conheceram pessoalmente e 48%, através de um aplicativo ou site. Curiosamente, 21% dos homens de 18 a 29 anos que fizeram sexo casual conheceram o(a) parceiro(a) na igreja. Em geral, os mais jovens se sentem mais confortáveis em compartilhar intimidades online: 24% dos adultos de 18 a 29 anos já mandaram nudes para alguém e 19% dos adultos de 30 a 49 anos já fizeram isso.

Daqueles que utilizaram aplicativos de relacionamento, 39% dos homens e 28% das mulheres conseguiram sexo casual e a minoria acabou em um relacionamento sério: 12% dos homens e apenas 5% das mulheres.

A vida dos casais vs. solteiros: Quem está mais satisfeito?

Os casais foram os mais satisfeitos com a quantidade de sexo nas próprias vidas. Mesmo com filhos, 58% dos casais afirmaram fazer sexo o suficiente. Entre casais sem filhos o índice foi de 55%. Já 80% dos casais classificam a vida sexual como “boa”, enquanto que entre os solteiros o índice é 60%.

Créditos: Imagem Destaque – Por VGstockstudio

Leia também

Futuro

Prever o futuro parece uma coisa doida, de quem olha para uma bola de cristal e prevê mudanças significativas. Na vida real, prever o...

Design

2019 ainda está no começo, então, que tal antecipar as principais tendências do ano com o Relatório de Tendências Criativas da Shutterstock? Para quem...

Design

Na última quinta (29), a Shutterstock lançou o relatório Color Trends 2019, que identifica as cores que mais crescem em popularidade em todo o...

Comunicação

Falar de diversidade no campo da comunicação costuma gerar discussões acaloradas. De um lado, aquele pessoal que acredita que “não é necessário”, do outro...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.