Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Design

Thronebreaker: The Witcher Tales reinventa universo Witcher

Na última semana (25), a convite da CD Projekt RED, fui conhecer o novo game Thronebreaker: The Witcher Tales. Baseado no universo do blockbuster The Witcher, o novo jogo da produtora polonesa não é protagonizado por Geralt, de Rívia, mas tem elementos bem conhecido dos fãs: os jogos de GWENT.

Para quem não sabe o que é GWENT, a ideia é que ele fosse um mini game dentro do universo Witcher. Mas o sucesso foi tão grande, que o card game virou uma franquia independente e, agora, ganha um RPG com visual isométrico.

Tive a oportunidade de jogar quase uma hora de jogo (confira uma amostra no vídeo a) e, para quem não estava acostumado com GWENT, até que o game tem uma curva de aprendizado rápido e consegui me divertir. Como comentei acima, Thronebreaker: The Witcher Tales não traz Geralt no papel principal. Na campanha do novo jogo, a rainha Meve é a protagonista. E o jogo, 100 em português, reúne outros reinos – já citados ou não – do universo Witcher.

O grande destaque, além da tradução e dublagem primorosa, fica por conta da inserção do GWENT (em um formato simplificado) como substituto da batalha por turnos. Como assim? Nos RPGs eletrônicos, estamos acostumado a controlar o personagem pelo cenário e, quando um inimigo aparece, o combate se dá tem turnos. Em Thronebreaker, a batalha toma forma do card game e renova a forma como estamos acostumados, ao mesmo tempo em que usa o bom e velho formato de cartas.

card-game-thronebreaker-witcher-tales-review-rpg-gwent-com-limao

Thronebreaker: The Witcher Tales está em pré-venda exclusiva na GOG.com por R$ 99,99 para PC (a versão do jogo para Xbox One e PlayStation 4 será lançada no dia 4 de dezembro, com preço a definir). Ao comprar a versão para computador, que será liberada no dia 23 de outubro, você receberá os seguintes conteúdos digitais adicionais:

  • Trilha sonora oficial de Thronebreaker;
  • Versão digital do livro artístico de GWENT: Art of The Witcher Card Game, da Dark Horse;
  • Artes conceituais, incluindo o mapa da região de Lyria;
  • O romance gráfico de Witcher “Fox Children”, da Dark Horse;
  • Dois títulos de jogador para GWENT: The Witcher Card Game;
  • Dois avatares de jogador para GWENT: The Witcher Card Game;
  • Cinco barris premium para GWENT: The Witcher Card Game.

Leia também

Design

A CD PROJEKT RED lançou hoje (25) o mais recente trailer de Cyberpunk 2077, seu próximo RPG de ação e aventura em mundo aberto....

Tecnologia

A Microsoft e a CD Projekt Red anunciaram uma edição especial do Xbox One X com visual inspirado no game Cyberpunk 2077. Com HD...

Design

Há algum tempo, o fotógrafo Łukasz Zagraba visitou um cemitério de carros na Polônia e registrou imagens incríveis. O local, que fica na cidade...

Design

O designer André Bernardi poderia ser apenas um dos diversos turistas que visitam Auschwitz – Birkenau, o complexo que abriga os aterrorizantes campos de...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.