Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Review

Sony HT-S700: O home theater para quem mora em apartamento

Sony HT-S700: O home teather para quem mora em apartamento

Se você mora em um apartamento com, aproximadamente, 100 m² e está buscando um home theater para a sala, este review é para você. O Sony HT-S700 é uma soundbar com função de home theater 5.1 de 380W RMS com funções bem versáteis e composto por um kit que funciona bem em salas pequenas/médias (por isso usei a referência dos 100 m², apartamentos com este tamanho normalmente não possuem uma sala tão grande, mas também não é nada tão apertado).

Antes de seguirmos em frente, vou explicar o básico que você precisa saber para escolher o seu home theater. O modelo HT-S700 é composto por uma soundbar (com alto-falantes de 44W), um subwoofer de 140W e duas torres (com fio) também de 49W. Enquanto a soundbar faz o papel do som padrão (semelhante ao que teríamos em uma televisão, só que com mais qualidade), o subwoofer é responsável pelos graves e as torres criam a sensação de áudio 3D. Por isso, é muito importante ficar atento ao kit que você irá comprar.

Outro ponto importante, este modelo tem – no total – 380W RMS. Por morar em apartamento, nunca passei do volume 40, ou seja, não cheguei nem na metade da potência. No caso de jogos (principalmente FPS) ou durante o período noturno, mesmo usando a função NIGHT, que diminui os graves, não passei do volume 25. Em resumo, 380W RMS está mais do que bom para um apartamento. Veja bem, quem está falando isso é uma pessoa que gosta de som alto, mas que também sabe que tem vizinhos.

Design: As vantagens do discreto HT-S700

__

Começando pelo design do produto. Todos os componentes são pretos e bem discretos. No meu caso, o HT-S700 se encaixou perfeitamente no visual da sala. A soundbar possui um tamanho bom (90cm de largura e 9 de profundidade) e coube bem no móvel da sala. Já as torres traseiras, apesar de serem bem discretas, possuem uma base grande, o que dificulta a proximidade com o sofá. Por questão de espaço, optei por deixar uma delas sem a base, mas não indico, pois ela perde a estabilidade. Já o subwoofer também é muito bem projetado e possui um painel touch bem auto explicativo. 

Por quê estou focando tanto no “discreto”? Apesar de algumas marcas acharem que – principalmente – a soundbar deve fazer parte do composição visual da sala, servindo até mesmo como uma decoração, eu tenho uma opinião contrária. A utilidade do home theater é reproduzir o som, ele não precisa ser o protagonista da sala. A televisão é a protagonista neste caso e, painéis iluminados e outros elementos, podem tirar esse destaque da tela (ou incomodar quem está assistindo/jogando).

Uma desvantagem muito particular foi o painel touch. Como tenho animais de estimação e o controle fica no subwoofer, ou seja, no chão, é comum o animalzinho esbarrar no botão de liga/desliga. Ressalto que isso é algo muito particular, mas como passei por isso várias vezes, decidi compartilhar. Para quem tem gato em casa, é comum o bicho subir no subwoofer e encostar no touch.

Funcionalidade e qualidade de áudio: Diversão garantida

__

Fazia um certo tenho que não testava home theater para o Com limão e o meu último aparelho ficou bem defasado com o tempo. Mas arrisco em dizer que o HT-S700 é um conjunto para ser utilizado por uns bons anos. Vou explicar melhor…

Em termos de funcionalidade, ele possui saída HDMI ARC, saída óptica e analógica, ou seja, entradas padrões que se adaptam com televisores novos e antigos. Além disso, o aparelho tem Bluetooth (não é a versão mais nova, mas cumpre bem o papel) e uma entrada USB no painel frontal. O que isso tudo quer dizer? Quer conectar a televisão? Pode conectar. Quer conectar o Spotify do celular? Pode conectar. Quer utilizar um pendrive com músicas? Só conectar também. Neste ponto, o HT-S700 é bem versátil.

Para fechar este tópico, a qualidade de áudio é equivalente aos produtos Sony, ou seja, muito boa. A sensação de áudio 3D é perfeitamente cumprida pelas caixas traseiras e o grave do subwoofer é de altíssima qualidade. Como falei anteriormente, não passei da metade do volume do aparelho e o som já era bem alto.

Conclusão: HT-S700 é um kit que gostaria de ter

__

Por tudo que já falei e a quase ausência de desvantagens, o HT-S700 é um kit que adoraria ter em casa. O tempo que fiquei com o aparelho, consegui aproveitar jogando – tanto no Xbox One, quanto no Playstation 4 -, assisti a filmes e séries com uma imersão bem divertida e, por algumas vezes, achei que o barulho da cena vinha de dentro de casa ou da rua (aqui vale mais uma menção sobre as caixas traseiras, que criam um ambiente realmente especial e imersivo). Para finalizar, vale ressaltar que testei o aparelho em televisores Samsung e Sony, ou seja, nenhuma funcionalidade está presa ao ecossistema da marca japonesa – algo que tem sido comum em algumas marcas, mas que não ocorreu aqui. Dito isso tudo, posso afirmar… HT-S700 é a minha escolha do momento para home theater e soundbar. 

Leia também

Tecnologia

As caixas de som Bluetooth se tornaram parte de nossas casas. Algumas servem como alternativa mais acessível ao sistema de home theater, já outras...

Podcast

Imagine viver em um mundo onde a inteligência artificial não é tão artificial. Na última terça-feira (07), o Spotify e a Gimlet lançaram uma...

Tecnologia

Alta qualidade sonora é essencial para uma boa experiência gamer. Não só pela imersão, mas também reflete no desempenho — principalmente em jogos de...

Podcast

Neste episódio especial, Maurício Chiotti (Internerdz) e Victor Vasques (Com limão), conversam sobre o anúncio do Playstation 5, suas novidades e os jogos que...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.