Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Apple

iFixit sobre AirPods Max: Concorrentes parecem “brinquedos”

AirPods Max

Como já é tradição há anos, sempre que um novo produto Apple é lançado, o time do iFixit desmonta minuciosamente o produto e mostra ao mundo a complexa engenharia da Grande Maçã. Com os novos AirPods Max não foi diferente. Considerado “caro” (vou explicar mais a frente o motivo das aspas) até mesmo no mercado norte-americano, o iFixit queria saber se a “Apple gastou uma boa parte do preço de US$ 550 em engenharia excessiva”.

Vendidos por R$ 6.899, os AirPods Max possuem hastes de aço inoxidável, almofadas projetadas para uma vedação eficaz e espuma com ‘memória’ para isolar o som da melhor maneira. Na parte interna são dois chips Apple H1, oito microfones para cancelamento de ruído ativo, Bluetooth 5.0 com suporte a codec AAC (solução adotada pela Apple anteriormente e que consegue fornecer uma taxa de transferência de dados de até 250kbps. Além disso, a Apple Music faz streaming com AAC de forma nativa). Completa o conjunto um case que, segundo a marca, “preserva a carga” do aparelho.

IFixit Sobre AirPods Max: Concorrentes Parecem “Brinquedos”

Leia mais emApple anuncia headphone AirPods Max por R$ 6.899

Voltando aos testes do iFixit, dá para ver que a Apple continua dando um show no quesito engenharia. Quando o site afirma que os concorrentes do AirPods Max parecem ‘brinquedos“, não é exagero. Tudo dentro do produto da Apple parece ter sido pensando em cada milímetro. O raio-x do produto chega a ser assustador para os mais leigos. Isso sem contar o cabo único que conecta todo o lado direito do aparelho. Mesmo assim o site deu nota 6/10 no quesito reparabilidade (sendo 10 o nível mais fácil). 

IFixit Sobre AirPods Max: Concorrentes Parecem “Brinquedos”

Mas afinal, quem são esses concorrentes que o iFixit comparou os AirPods Max? São apenas os Sony WH-1000XM4 e Bose 700, dois fones incríveis. O modelo anterior da Sony, WH-1000XM3, já passou pelas nossas mãos e, até hoje, é considerado um dos preferidos por aqui. A questão é, quando você olha os três aparelhos abertos, o produto da Apple parece um relógio de corda, daqueles construídos por relojoeiros suíços.

Comparativo com AirPods Max

Para encerrar, quero voltar ao conceito de “produto caro”. Confesso que falei que os AirPods Max eram caros no anúncio do produto, mas a Andressa levantou um ponto importante. O valor é bem acima da média, mas é como comparar uma bolsa Louis Vuitton ou Chanel, com uma bolsa de outra marca varejista. As duas vão entregar quase a mesma coisa (a bateria, por exemplo, é bem semelhante entre os três fones), mas você está comprando os detalhes e a marca.

Isso sem contar o quesito inovação. A Netflix anunciou que está desenvolvendo uma solução para oferecer uma experiência de áudio espacial mais imersiva para os donos dos AirPods Max e Pro. Uma nova funcionalidade que permite criar sons 3D, de acordo com a posição da cabeça do consumidor. Em resumo, classificar os AirPods Max como caro é algo muito raso. Podemos dizer que R$ 6.899 não cabem no nosso bolso, mas aí é uma outra discussão.

Leia também

Apple

Quem nunca tirou uma foto com o celular para “anotar” algo e depois teve que fazer malabarismo para copiar o que estava escrito? Como...

Apple

A Beats anunciou nesta terça-feira (17), a chegada do Beats Studio Buds no Brasil. Lançado em junho, o novo modelo sem fio da marca...

Apple

Nada de Macbook Pro, mas muitas novidades. Essa foi a WWDC 2021, evento para desenvolvedores da Apple e que reúne os principais lançamentos para...

Tecnologia

Nesta quarta-feira (26), a WarnerMedia anunciou oficialmente o HBO Max para 39 territórios, incluindo América Latina e Caribe. A plataforma de streaming por assinatura...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.