Pagamento por aproximação: Apple anuncia Tap to Pay no Brasil • Com Limão
Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Apple

Pagamento por aproximação: Apple anuncia Tap to Pay no Brasil

Tap to Pay é lançado no Brasil, tornando-se o primeiro país da América Latina a disponibilizar o serviço de pagamento por aproximação.

Pagamento por aproximação: Apple anuncia Tap to Pay no Brasil

Desde a época do barter (pagamento feito por meio de troca de grãos) até as moedas de ouro e prata, passando pelos cartões de crédito e, agora, a pagamentos por aproximação, o mundo viu uma evolução constante nos métodos de transação. No coração dessa revolução contemporânea, encontramos o Brasil, um país que é potência na adoção de novas tecnologias de pagamento.

Sim, talvez seja uma curiosidade para muitos, mas o país é um dos mais evoluídos quando o tema são transações bancárias. PIX e cibersegurança são só alguns exemplos do protagonismo do país. E mais algumas novidades estão chegando neste cenário…

Nesta terça-feira (19), a Apple anunciou que, a partir de agora, estabelecimentos brasileiros poderão processar pagamentos por aproximação através do recurso Tap to Pay no iPhone. Esta atualização habilitará comerciantes, tanto pequenos quanto grandes, a aceitarem pagamentos via Apple Pay, cartões de crédito e débito e diversas e-wallets de maneira segura, diretamente pelo iPhone, sem necessitar de dispositivos adicionais.

“O Tap to Pay no iPhone ajudou empresas do mundo inteiro e de todos os portes — de autônomos a grandes varejistas — a oferecer novas experiências de pagamento, e estamos empolgados em trazer uma solução de pagamento fácil, segura e privada para os comerciantes brasileiros”, afirmou Jennifer Bailey, vice president of Apple Pay and Apple Wallet da Apple. “O Brasil é uma nação de muito empreendedorismo, e agora as empresas terão a possibilidade de aceitar pagamentos por aproximação em todos os locais de operação.”

Com este recurso, qualquer comerciante com um iPhone XS ou versão mais recente pode processar pagamentos por aproximação. No momento do pagamento, basta o cliente aproximar seu iPhone ou Apple Watch ao dispositivo do vendedor para efetuar a transação, que utiliza a tecnologia NFC. Tudo é realizado de maneira prática, sem a necessidade de hardware adicional.

A Apple sempre priorizou a privacidade em suas soluções de pagamento. O Tap to Pay no iPhone garante a segurança dos dados dos usuários, utilizando os padrões de proteção e criptografia já conhecidos do Apple Pay. Assim, cada transação é processada com confidencialidade, sem que a Apple tenha acesso aos detalhes da compra ou do comprador.

Reforçando seu comprometimento com o mercado brasileiro, a Apple está estreitando laços com as maiores plataformas de pagamento e desenvolvedores de apps locais. O objetivo é incorporar o Tap to Pay no iPhone, fortalecendo as ferramentas de pagamento disponíveis para negócios de todos os tamanhos. Além disso, o recurso será compatível com os principais cartões de pagamento, incluindo American Express, Mastercard e Visa.

O recurso Tap to Pay para iPhone já está disponível para desenvolvedores e plataformas de pagamento no Brasil, que podem incorporá-lo em seus aplicativos iOS. A CloudWalk, por exemplo, agora oferece o Tap to Pay no iPhone para seus clientes empresariais brasileiros, e outras plataformas de pagamento, incluindo Granito, Nubank, Stone e SumUp, estarão disponíveis em breve.

“Com o Tap to Pay no iPhone, os comerciantes podem começar rapidamente a aceitar pagamentos por aproximação usando somente um iPhone, oferecendo uma excelente oportunidade para que as pessoas criem empresas de todos os portes”, ressalta Luis Silva, fundador e CEO da CloudWalk. “É emocionante oferecer essa tecnologia no Brasil para nossos usuários da InfinitePay. Nossa meta é democratizar o acesso aos serviços de pagamentos mais inovadores do mundo e oferecer aos comerciantes a capacidade de aceitar pagamentos rapidamente. A integração do Tap to Pay no iPhone é um passo importante nessa direção.”

Leia também

Apple

Segundo relatório da Kantar, a Apple é a primeira marca de US$ 1 trilhão do mundo. Juntas, as principais marcas totalizam US$ 8,3 trilhões.

Apple

A Apple abriu mais uma conferência anual de desenvolvedores, a WWDC 24, nesta segunda-feira (10) para apresentar as novidades do seu ecossistema (incluindo visionOS,...

Apple

Depois de 45 dias com o novo MacBook Air com chip M3, contamos quais foram as impressões do notebook mais popular da Apple.

Tecnologia

O mercado de streaming na América Latina continua a se expandir, oferecendo aos consumidores uma variedade de opções de entretenimento robusta e diversificada. De...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.