Compartilhe:   

Lucha VaVoom, Cinco de Mayo e muito México

por Stuart

Todo primeiro domingo de maio (esse ano foi dia  5) é um fim de semana como qualquer outro por aí, certo? Não no México! Não nos Estados Unidos!

5 de Maio (ou “Cinco de Mayo“) é uma das mais importantes comemorações (se não a mais importante) de todo o México: Napoleão III, lá pelos meados de 1860 mandou seu exército para o México para que fosse cobrado uma suposta dívida do país para com a França, contudo ele queria mesmo era território e os Mexicanos mesmo com grande improbabilidade, venceram os franceses na batalha que ficou conhecida como Batalha de Puebla. Hoje é comemorado como um grande e patriótico feriado nacional (e em todo território norte-americano).

Mas qual o motivo de tanta história sobre o “Cinco de Mayo“? Nesse mesmo feriado, um pouco mais distante da Cidade do México, lá em Los Angeles, existe um evento chamado Lucha VaVoom! É um show de Lucha Libre, o famoso estilo de luta mexicana? É isso tudo e muito mais, muito melhor: como mesmo se define, o evento é uma mistura de Lucha Libre, teatro burlesco, strip-tease, sexo e violência.

Daí suas tias mais sisudas depois de lerem isso, começam a se benzer nesse minuto pensando que deve ser um antro de prostituição, uma versão midiática de Sodoma e Gomorra. Calma, bem que eu queria mas não é isso não. Vamos as atrações: Luchadores fazendo acrobacias incríveis, confere; Mulheres fazendo strip-tease (as Buxóticas), confere; Anões Luchadores vestidos de galinhas, confere; Um luchador transsexual chamado Cassandro, confere; Nativas Selvagens (as Ungawas) que não ficam com nada além de um minúsculo (pequeno mesmo!) biquini, confere;

Esse é certamente o melhor espetáculo de todo o universo! E se sua namorada ou esposa torceu o nariz e falou que não passa de um espetáculo machista, olha que ela tem razão mas o espetáculo garante a diversão pra todo mundo: Há um espetáculo especial só para o dia dos namorados e Haloween  e quem foi, garante que nunca se divertiu tanto. Muitas pessoas falam que no começo ficam deslocadas, sem saber que tipo de pessoas você vai encontrar num evento desse tipo mas que se surpreenderam totalmente e sempre que podem, voltam.

Certamente esse evento deve entrar pra sua wishlist. Porquê? Quer uma maneira melhor de se soltar de alguns preconceitos, conhecer algo diferente e ainda se divertir? Visite um evento, repito, ADULTO como esse, não é do tipo de coisa que você vai se arrepender depois, tenho quase certeza!


Stuart é ilustrador e designer. Gosta de ler histórias de terror, ficção científica e livros de crianças, além de escrever e ilustrar suas próprias histórias. Atualmente trabalhar no C.E.S.A.R como designer para empresas como Motorola e Samsung

Quando eu era menino, os mais velhos perguntavam: o que você quer ser quando crescer? Hoje não perguntam mais. Se perguntassem, eu diria que quero ser menino" - Fernando Sabino



Voltar para o topo ↑

  • Newsletter

  • Últimos tweets

  • Facebook