Coca Cola sem logo, Ramadã e uma discussão sobre preconceitos • Com Limão
Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Comunicação

Coca Cola sem logo, Ramadã e uma discussão sobre preconceitos

Com o objetivo de conscientizar as pessoas e derrubar “rótulos”, a Coca Cola retirou o logo de suas latas em uma edição especial vendida para o mercado do Oriente Médio. A ação, desenvolvida pela agência FP7, de Dubai, tem como objetivo dar continuidade à campanha “Let´s Take An Extra Second” e as latas serão comercializadas durante o período do Ramadã (que este ano acaba no dia 17 de julho).


O parágrafo acima é uma bela nota sobre uma ação divertida, no entanto, temos dois pontos que precisamos analisar melhor. O preconceito e os símbolos. Confira abaixo!

Coca Cola e o poder dos símbolos

A Coca Cola criou um vídeo intitulado “remova os rótulos no Ramadã”. A principal frase da ação e conceito é que os “rótulos são para latas, não para as pessoas”. No entanto, a marca americana foi além, porque nem ela precisa de rótulo. Quer dizer, não precisa de um rótulo complexo.

A lata vermelha e as “ondas” da marca são um símbolo tão forte, que identificam a bebida sozinha. Você sabe o que está lá dentro (ou pelo menos pressupõe). O impacto de retirar o nome “Coca Cola” da lata é praticamente ínfimo para a marca. Tão ínfimo, que se eu fosse responsável globalmente pela marca, faria uma edição global da lata. Daria uma campanha tão legal e com escala tão abrangente, que não precisa se limitar ao Ramadã.

“Let´s Take An Extra Second” é um soco no estômago dos preconceituosos

E por falar em Ramadã, talvez a Coca Cola tenha feito a ação durante este período, porque os muçulmanos são os que mais precisam se despir desta rotulagem. Estereótipos criados por nós, ocidentais que nunca sequer pegamos um Alcorão na mão e achamos que todo mulçumano é um homem ou mulher-bomba. E por eles também! Já que até mesmo no Oriente Médio, onde religiões vivem suas jihads diárias, parecem não querer entender o outro.

Mas religião não é o único ponto. Quando vemos uma ação como esta, choramos e achamos lindo, mas no instante seguinte já estamos rotulando alguém. Atire a primeira pedra quem nunca fez isso! No texto de hoje quero deixar alguns conteúdos interessantes para você repensar seu preconceito. Sim! Você tem preconceito. Pelo crente, pelo negro, pelo gay ou pelo pobre. Isso são só rótulos. No fim, somos todos seres humanos e deste planetinha azul não conseguimos fugir.


#Conteúdo #1 – Mentirinhas e seus ensinamentos em tirinhas

O site do ilustrador (e ex-bombeiro) Fábio Coala são uma leitura semanal obrigatória. O autor tem ótimas sacadas sobre temas que envolvem preconceitos, ansiedades modernas e sociedade. Tudo de forma leve, divertida e muito bem ilustrado. Vai lá conferir o site!

Conteúdo #2 – Conexão Repórter: A Marca de Alá

Quem nunca assistiu ao programa do Roberto Cabrini, aí está um ótimo episódio para começar. A edição “A Marca de Alá” mostra a vida dos muçulmanos no Brasil. Destaque para a cena em que um vendedor (em um shopping) fala para a mulher: “Vê se não vai se explodir”.

Leia também

Design

O que esperar do novo logo e identidade visual: Inspirada na marca dos anos 70-80, a Pepsi apresentou um novo logotipo e sistema de...

Comunicação

A gigante Keurig Dr Pepper realizou uma consulta para contratar uma agência de relações públicas nos EUA, onde parte da solicitação era que as...

Comunicação

Nos últimos anos, a publicidade descobriu que os games podem ser uma grande mídia para a divulgação de novos produtos. Aproveitando que publicamos o...

Podcast

Neste Com limão Drops, conversei com Henrique "Sharshock", sócio fundador da Pixel Hunter, startup especializada na criação de metaversos.

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.