Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Apple

Apple apresenta as melhores fotos do Shot on iPhone Macro Challenge

Apple anuncia os vencedores do Shot On iPhone Macro Challenge. Concurso que destaca as melhores fotos feitas com a lente macro do iPhone 13.

Ao longo de várias semanas no início deste ano, fotógrafos de iPhone de todo o mundo compartilharam suas melhores fotos macro para o Shot on iPhone Macro Challenge, concurso promovido pela marca para mostrar o poder da lente macro do iPhone 13 Pro e iPhone 13 Pro Max, fazendo até os menores detalhes parecerem imagens épicas Hoje (13), a Apple anuncia os 10 vencedores que se destacaram na comunidade global, com finalistas da Argentina, China, Hungria, Índia, Itália, Espanha, Tailândia e EUA. As imagens vencedoras serão publicadas no apple.com, no Instagram da Apple (@apple) e em outdoors em cidades selecionadas.

Se você quiser saber mais sobre o modelo mais novo, publiquei a minha opinião sobre o aparelho no texto “7 dias com o iPhone 13 Pro: Vale a pena o novo modelo da Apple?” e produzimos algumas imagens macro (veja abaixo).

Os selecionados no Shot on iPhone Macro Challenge foram escolhidos por um painel internacional de juízes especialistas — Anand Varma, Apeksha Maker, Peter McKinnon, Paddy Chao, Yik Keat Lee, Arem Duplessis, Billy Sorrentino, Della Huff, Kaiann Drance e Pamela Chen — que também compartilharam alguns insights sobre o motivo delas serem as preferidas.

“Sea Glass” de Guido Cassanelli – Buenos Aires, Argentina

“O vidro do mar é erodido por milhares de quilômetros, viajando pelos oceanos até as costas do mundo. Eu estava andando na praia, apreciando um lindo pôr do sol e decidi coletar alguns desses pequenos pedaços de vidro do mar para experimentar a macrofotografia no iPhone 13 Pro Max. Parece que algo estranho está acontecendo no centro — parece âmbar. Eu realmente amo essa textura”, afirma o Guido Cassanelli, autor da imagem.

“A fotografia no seu melhor transporta você. A bela imagem de Guido Cassanelli é etérea, sobrenatural e misteriosa. Claramente fotografada com a lente macro do iPhone, mas a imagem resultante tem extensão e escala ilimitadas. A gama de cores psicodélicas é simplesmente linda.” — Billy Sorrentino

“Quando usamos a função macro, o pequeno mundo se amplia, e este é um exemplo perfeito disso. Para ser sincero, nem sei exatamente o que é esta substância, mas o fato de haver simetria no caos, combinada com várias cores vibrantes, a torna super intrigante.” — Yik Keat Lee

“The Cave” de Marco Colleta – Taranto, Itália

“A forma envolvente das pétalas, acentuada pelas sombras intensas, me fez pensar em uma caverna profunda, pronta para ser explorada; mantendo o ponto de vista dentro da flor, eu queria que o enquadramento natural do hibisco nos fizesse sentir plenamente parte de sua beleza. Quando aprendi pela primeira vez sobre o modo macro, pensei que era mais um novo recurso legal que estava animado para utilizar. Mas quando comecei a explorar suas possibilidades, realmente comecei a amá-lo. Descobri que isso me dá a possibilidade de transformar quase tudo que vejo em um assunto abstrato, diferente do que é na realidade. Esse recurso realmente desbloqueou minha imaginação”, afirma Marco Colleta, autor da imagem.

“As texturas e cores ricas desta imagem fazem com que ela se destaque, e o foco suave do primeiro plano é um elemento de composição maravilhoso que atrai o espectador.” — Della Huff

“Fotografar de lado em macro não é uma tarefa fácil porque você precisa considerar se o plano de fundo atrapalhará a imagem. Gosto da composição desta imagem, com os botões cercados pelas pétalas, como se estivesse sendo segurada e acarinhada. A luz e a sombra trazem uma sensação de serenidade.” — Paddy Chao

“Art in Nature”, de Prajwal Chougule – Maharashtra, Índia

“Sou um amante da natureza e adoro fazer caminhadas matinais com meu iPhone 13 Pro. A ‘Golden Hour’ traz o melhor da natureza e é o deleite de um fotógrafo. Gotas de orvalho em uma teia de aranha chamaram a minha atenção, e fiquei fascinado com a forma como a seda seca da aranha formava um colar no qual o orvalho brilhava como pérolas. Parecia uma obra de arte na tela da natureza”, afirma Prajwal Chougule, autor da imagem.

“Um verdadeiro exemplo de uma imagem simples, gráfica e bonita. As gotas de água criam essas lindas pequenas pérolas que assumem a forma intrincada da teia de aranha. Simplesmente deslumbrante.” — Arem Duplessis

“Esta imagem é tão perfeita que parece uma ilustração. As gotas de orvalho bem dispostas na teia de aranha são capturadas com grande detalhe. É algo que a maioria das pessoas sentiria falta ao seu redor. Há algum tipo de harmonia nas gotas; à primeira vista, o espectador pode ser enganado sobre qual é o assunto. O iPhone faz um trabalho fantástico ao focar em detalhes tão finos, com quase nenhum fundo definitivo.” — Apeksha Maker

“A Drope of Fredoom”, de Daniel Olah – Budapeste, Hungria

“Minha intenção era destacar a minúscula gota de água em comparação com o lírio. Eu usei uma luz de estúdio no lírio com um fundo escuro. Adoro a forma da flor; a pétala inferior ajuda a manter o foco na parte do meio, destacando não apenas a gota, mas também o estame. No entanto, a imagem tem um ritmo que está se construindo em direção à euforia da composição”, afirma Daniel Olah, autor da imagem.

“Esta imagem lembra uma pintura de flores feita por um mestre holandês. O fundo emoldura a flor lindamente e permite que esses lindos vermelhos, verdes e azuis apareçam contra o rico preto. A gota de água refletida no centro pode muito bem ser uma lágrima, pois esta imagem seduz as emoções do espectador.” — Arem Duplessis.

“Eu realmente gosto de como isso é limpo. A gota de água no centro é um ponto focal óbvio; no entanto, eu realmente gosto de como as bordas da planta parecem limpas. O fundo preto novamente dá a isso uma sensação de arte muito sofisticada, pela qual, sejamos honestos, as pessoas pagam muito dinheiro.” — Peter McKinnon

“Leaf Illumination”, de Trevor Collins – Boston, EUA

“Esta cena aconteceu durante foi durante a faixa da hora dourada, quando o sol está brilhando diretamente na minha janela, iluminando todas as minúsculas células em cada folha. A folha retratada é de uma Ficus-lira que fica na minha mesa, onde posso vê-la durante todo o dia”, afirma Trevor Collins, autor da imagem.

“Quem diria que uma folha comum poderia ser tão complexa? É notável como uma simples luz de fundo pode revelar esse mundo oculto de estruturas e conexões que, de outra forma, passariam despercebidos.” — Anand Varma

“A razão pela qual eu gosto tanto disso são as camadas. A profundidade de campo criada com o iPhone aqui mostra muito claramente qual é o ponto focal e representa um exemplo fantástico de como o software é bom em isolar completamente o primeiro plano, deixando o fundo desfocado. Um exemplo perfeito de profundidade de campo computacional.” — Peter McKinnon

“Strawberry in Soda”, de Ashley Lee – San Francisco, EUA

“Usar a fotografia para transformar itens do dia a dia em algo mais extraordinário é sempre um quebra-cabeça divertido que traz minha criatividade à tona. Para esta foto, usei dois itens que encontrei na geladeira da minha cozinha: um morango e uma lata de refrigerante. Coloquei um recipiente transparente no balcão da cozinha, despejei o refrigerante dentro e usei um pedaço de papel preto como pano de fundo. Então, larguei o morango no recipiente cheio de refrigerante e aguardei. Lentamente, bolhas começaram a se formar na superfície do morango e sua textura foi completamente transformada. Fiquei impressionada com o nível de detalhes que consegui capturar tirando uma foto macro, pois pude ver as bolhas individuais do refrigerante que estavam se formando na superfície do morango. Escolhi um morango como tema porque gostei de como o vermelho brilhante apareceu contra o fundo preto”, conta Ashley Lee, autora da imagem.

“Esta foto me tira o fôlego à primeira vista. A clareza com o movimento e o brilho do morango realmente são tão deliciosos.” — Kainn Drance

“A fotógrafa encontrou um uso criativo do macro para celebrar a textura intrincada de um simples morango. Eu amo a energia das bolhas de ar, capturadas no pico de efervescência.” — Pamela Chen

“Volcanic Lava”, de Abhik Mondal – New Jersey, EUA

“Depois de comprar o novo iPhone 13 Pro em dezembro, fiquei maravilhado com seu recurso macro e comecei a capturar diferentes objetos, incluindo flores, insetos, plantas e muito mais. Um dia, durante um passeio noturno regular, fui a uma mercearia, onde notei um buquê de flores. Este lindo girassol me chamou a atenção com seus detalhes intrincados, incluindo a presença de cores contrastantes do centro até a borda das pétalas. Imediatamente decidi levar o buquê para casa e capturar sua beleza”, diz Abhik Mondal, autor da imagem.

“A fotografia da flora é o pão com manteiga da macrofotografia, e o girassol de Abhik Mondal é uma vitrine maravilhosa do poder do iPhone. As pétalas conduzem o espectador em direção ao disco caleidoscópico de flores e sementes. Contraste, textura e enquadramento inteligente fazem dele um vencedor.” — Billy Sorrentino

“Sinto que o mundo é a minha ostra ao olhar para esta foto; a quantidade de textura nesta foto macro é realmente impressionante, assim como usar a regra dos terços para enquadrar a flor e fazer o público refletir sobre o que está além do quadro. Esse visual de flor me atrai.” — Yik Keat Lee

“Honeycomb”, de Tom Reeves – New York City, EUA

“Esta imagem foi tirada ao longo do Riverside Park, em Manhattan, durante uma caminhada matinal com nossa cachorra neste inverno. Enquanto ela se maravilhava em seu primeiro contato com a neve, consegui capturar a treliça efêmera desse pequeno floco de neve quando ele caiu entre os fios de seus muitos cachos cor de mel”, diz Tom Reeves, autor da imagem.

“Esta imagem é um estado de espírito. Você pode praticamente sentir o vento forte de inverno que trouxe esses flocos de neve até aqui, bem vistos em sua beleza mais sincera e não derretida. O fotógrafo conseguiu capturar um detalhe tão delicado que conta uma história maior, cheia de movimento e vida.” — Pamela Chen

“Isso é real, ou são pequenas joias? Os flocos de neve são elegantemente capturados com os detalhes da macro, e os fios de cabelo parecem fios de ouro.” — Kainn Drance

“Hidden Gem”, de Jirasak Panpiansin – Chaiyaphum City, Tailândia

“Esta pequena joia líquida cintilante está delicadamente aninhada na base de uma folha após uma tempestade tropical, quase imperceptível ao olho humano. No entanto, ela brilha através da lente do iPhone – de perto, ela brilha com intensa clareza, capturando a luz do sol emergente e ampliando a geometria intrincada e orgânica das veias da folha por baixo. Isso é a natureza encapsulada: um mundo de beleza e maravilhas em miniatura”, diz Jirasak Panpiansin, autor da imagem.

“Esta é uma imagem tão convidativa. Adoro as texturas suaves e os verdes ricos; e o reflexo e a ampliação na gota de água realmente atraem o espectador.” — Della Huff

“Adoro a luz variada nesta imagem, que ilumina a textura da superfície da folha, ao mesmo tempo em que revela sua estrutura interna. Para mim, uma fotografia de sucesso é aquela que encoraja seu olho a se demorar e explorar. Esta imagem faz isso lindamente.” — Anand Varma

“The Final Bloom”, de Hojisan – Chongqing, China

“A foto foi tirada quando meu filho de 3 anos descobriu a flor da tulipa em casa. Apreciei a flor com meu filho e peguei meu iPhone, tentando capturar o momento em que o sol a beijou, criando uma sombra perfeita em suas pétalas. À medida que aproximei meu iPhone da flor, ele ligou automaticamente o modo macro e os detalhes das pétalas foram trazidos ao máximo. Alguns momentos depois, o vento veio e soprou as pétalas. Mesmo que a flor fosse pequena, eu ainda capturei o momento mais alto da vida de uma tulipa, que é um presente da natureza”, diz Hojisan, autor da imagem.

“Esta foto é nada menos que uma pintura. O que me chama a atenção instantaneamente é a alta faixa dinâmica do iPhone que equilibra suavemente a luz forte e suave. Há uma bela harmonia nas pétalas, tornando a foto tão abstrata. Visto de longe, não seria possível saber do que se trata. Hojisan usou as configurações de exposição do iPhone para equilibrar bem o plano de fundo. O que completa a imagem são as cores ombré e as linhas finas da pétala capturadas de forma tão nítida.” — Criador de Apeksha

“A composição assimétrica e gestalt da fotografia de Hojisan é linda. Propositalmente abstrato, o espaço negativo é tão marcante quanto as texturas e formas coloridas.” — Billy Sorrentino

Leia também

Apple

Confira uma seleção especial de 15 apps grátis para iPhone são úteis de diversas formas — e até divertidos. Tem app para quem quer...

Apple

A Apple anunciou nesta quarta-feira (07), o lançamento dos novos iPhone 14. Com um grande upgrade na linha Pro e sem grandes atualizações no...

Apple

Nesta quarta-feira (07), a Apple apresentou a nova linha de produtos para iPhone, Apple Watch Series 8 e AirPod Pro. A atualização dos produtos...

Apple

Para iniciar o nosso texto do Dia Mundial da Fotografia, gostaria de compartilhar um fato curioso que ocorreu nos últimos dias. Participei de um...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.