Redes Sociais

Olá, o que você está procurando?

Apple

Por que escolher o ecossistema da Apple?

Segurança, conexão e serviços exclusivos: por dentro do ecossistema da Apple.

Por Que Escolher O Ecossistema Da Apple?

A Apple se destaca pelos iPhones, iPads, Macs, além de outros aparelhos que complementam a experiência tecnológica dos usuários, como Apple TV, HomePod, AirPods e Apple Watch. Neste portfólio, existem diversos motivos para o consumidor escolher ficar dentro do “ambiente” da empresa. Aqui, cito alguns dos motivos que tornam essa experiência mais rica e, uma vez completa, prazerosa.

Segurança em primeiro lugar

Quando a Apple fala que leva a sério a segurança dos usuários, ela mostra isso nos produtos ao minimizar a quantidade de dados coletados de cada usuário, processamento de informação dentro dos devices, controle e transparência e criptografia de ponta.

Toda vez que a empresa precisa coletar um dado, o usuário é notificado e muitas vezes pode escolher se gostaria de compartilhar ou não. Uma vez que pedidos da Siri, mensagens de texto via iMessage e conversas do FaceTime são totalmente criptografadas, não há como a Apple saber que o usuário “A” gosta do produto “B” e mostrar um anúncio sobre isso em uma página na internet.

Na verdade, a Apple está minimizando como outras empresas fazem o rastreio do usuário na web, usando exatamente o exemplo acima. Desde o macOS Mojave, a empresa de Cupertino bloqueia anúncios nas páginas e, inclusive, começou a remover a barra de redes sociais de uma notícia, que era por onde o Facebook, Twitter e outras empresas continuavam seguindo o usuário e trazendo anúncios “personalizados”.

O exemplo também vem dos funcionários. Na Apple, as ligações são feitas apenas via FaceTime e as mensagens enviadas por iMessage, porque é uma garantia da empresa que a informação de A vai chegar apenas para B – ou para todo o alfabeto, se você estiver usando o FaceTime em grupo com até 32 pessoas.

Interface simplificada

O mouse de um computador. A tela multitouch de um smartphone. São ações como essa que mudam como o usuário experimenta um produto. É olhar para o iPhone para desbloquear a tela e não procurar na parte de trás o leitor de impressão digital. É abrir a câmera e fazer a melhor foto possível a qualquer momento.

O que facilita no ecossistema da Apple é usar o AirDrop para passar arquivos, fotos, vídeos e links. É tirar uma foto no iPhone e ela, instantaneamente, aparecer no Mac. Ou dar um Copiar em um texto no iPad e colar na conversa do WhatsApp no iPhone.

Leia também: MacBook Pro de 16 polegadas (2019), Profissional de Verdade

São os AirPods que se conectam em um instante e na hora de conversar com alguém, é só tirar um fone do ouvido para que a música pause.

No fim das contas, o usuário precisa sentir que domina o produto e não o contrário. Tudo bem, ainda há um abismo em diversas funções como o 3D Touch, Force Touch, AirDrop, Apple Pay, Alcançabilidade, TrueTone, Live Photos, mas quando um usuário domina essas funções, a vida digital fica mais simples.

Serviços

O foco da Apple está mudando. Mais do que entregar um novo iPhone todo ano, os ares parecem estar se dirigindo para serviços e o ano de 2019 foi um divisor de águas para a Maçã. Além do iCloud e do Apple Music, a empresa estreou a plataforma de jogos Apple Arcade, o serviço de streaming de vídeo Apple TV+, a plataforma que agrega jornais e revistas Apple News+, além de um cartão de crédito sem tarifas, o Apple Card.

Os serviços dentro das lojas, como o Genius e as sessões Today At Apple fazem toda a diferença no ecossistema. A jogada da empresa é, por exemplo, você não vai trocar o Apple Watch Series 3 pelo 4 porque a tela aumentou 30%, mas porque ele “pode salvar ainda mais vidas”, com a medição dos batimentos cardíacos (e o aviso se eles estiverem altos ou baixos demais) e ligar para a emergência se você levar um tombo forte.

É a possibilidade de usar o relógio sem o celular e pedir para a Siri ligar para um parente ou te avisar de um compromisso no calendário. A jogada da Apple não é de hoje, mas é um esforço contínuo em ser o sistema mais seguro para os usuários, simples e que agregue benefícios a longo prazo.

Leia também

Apple

Apple Music conta com mais de 60 milhões de assinantes e aposta na curadoria humana e Radio Beats 1 como diferenciais contra a competição.

Apple

Segundo especialista em Apple, Apple Glasses pode ser lançado em 2022 (ou até mesmo antes). Novo dispositivo teria grande impacto no nosso cotidiano e...

Apple

Com cancelamento de ruído e novo design, os AirPods Pro querem tocar em todos os ouvidos. Confira o review completo do produto.

Design

Com as limitações que o isolamento social impuseram ao nosso cotidiano, muitos profissionais precisaram se reinventar. Com este cenário, projetos fotográficos ganharam destaque especial...

Copyright © 2020 Com limão. Todos os Direitos Reservados.