ccxp-artist-alley-poster-will-eisner-com-limao-destaque

Compartilhe:   

CCXP 2017 terá um dos maiores Artists’ Alley do mundo e homenagem a Will Eisner

por Victor Vasques

A CCXP 2017, maior Comic Con do planeta, vai celebrar o centenário de Will Eisner, o pai das graphic novels e um dos mais importantes nomes dos quadrinhos, que batiza o principal prêmio do segmento no mundo: Eisner Awards. Para a homenagem, o quadrinista brasileiro Greg Tocchini preparou uma arte especial e exclusiva com o personagem The Spirit, criado por Eisner, para ilustrar a credencial dos artistas que participam do Artists’ Alley. Essa arte exclusiva também estará em produtos da loja oficial da CCXP 2017.

O espaço, que é dedicado especialmente aos quadrinistas – incluindo roteiristas, desenhistas, arte-finalistas e coloristas – que desejam apresentar seus trabalhos e interagir com o público, fica, literalmente, no coração do evento, e é patrocinado pela Itubaína, uma das marcas de refrigerante mais tradicionais do país, fabricada pela Heineken Brasil.

ccxp-artist-alley-poster-will-eisner-com-limao

O centenário do mestre Eisner

Will Eisner, que já veio ao Brasil diversas vezes e era amigo de Mauricio de Sousa, foi considerado um dos mais importantes nomes da arte sequencial no mundo, trabalhando desde 1936, quando seu primeiro trabalho profissional surgiu. Ele participou do segmento por quase setenta anos, desde o surgimento até a evolução digital, revolucionando as narrativas visuais como eram conhecidas e transformando a linguagem de quadrinhos.

Na infância e adolescência, Eisner teve muito contato com os quadrinhos enquanto vendia jornais para ajudar no dinheiro do lar, e ao entrar no colegial estudou ao lado de Bob Kane, que viria a ser um dos criadores de Batman. Essa época foi definitiva para que o futuro artista pudesse aperfeiçoar suas técnicas e mergulhar de vez nesse universo.

Mais tarde, depois de trabalhar ao lado de Jerry Iger, Bob Kane, Lou Fine, Mort Meskin e Jack Kirby, Eisner buscava amadurecer seu trabalho enquanto criava histórias curtas em A Contract With God, transformando-a em um novo gênero, as graphic novels, ultrapassando a barreira de que os quadrinhos fossem apenas engraçados e sobre super-heróis. O norte-americano ainda lecionou arte e teve reconhecimento em diversos prêmios, e foi o criador de importantes personagens: The Spirit, John Law, Lady Luck, Mr. Mystic, Uncle Sam, Blackhawk e Sheena.

“Quando aceitei o convite para homenagear Will Eisner, não imaginava o senso de responsabilidade que bateria forte. Estamos falando de um dos maiores mestres da arte sequencial, uma fonte rica e abundante de inspiração. Suas histórias, sua narrativa e seus personagens caricatos, ao mesmo tempo são tão reais. É uma honra que esta arte seja carregada pelos mais admiráveis artistas que conheço no Artists’ Alley da CCXP2017″, comenta o artista.

Greg Tocchini atua profissionalmente desde 1995, passando por diversas áreas da ilustração e histórias em quadrinhos. Seu trabalho já foi publicado internacionalmente pelas principais editoras do mundo: nas norte-americanas Marvel Comics, DC Comics e Image Comics, e na europeia LeLombard, em títulos famosos, como: Batman & Robin, X-Force, Homem-Aranha, Star Wars, Thor: Son Of Asgard, Infini Section e Wolverine: Father.

O artista foi responsável ainda pela aclamada série The Last Days of American Crime com Rick Remender, publicada em vários países. Atualmente, trabalha na criação e arte de novos álbuns para obras da Le Lombard, capas para Hinterkind, da Vertigo Comics, e na série LOW, escrita por Remember para a Image.


Victor Vasques é designer, editor chefe do Com limão e sócio proprietário da Citrus Consultoria. Como gestor de marcas e criativo, já atuou com grandes marcas, como Discovery, UOL, iG, Globo.com e VEJA.

Eu irei lhe fazer uma proposta que você não poderá recusar - Don Vito


0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>


Voltar para o topo ↑